Conflito

Presidente da Autoridade Palestina pede que ONU coloque área sob "proteção internacional"

Em seis dias, ataques mataram mais de 160 pessoas

13/07/2014 | 15h24
Presidente da Autoridade Palestina pede que ONU coloque área sob "proteção internacional" MOHAMMED ABED/AFP
Conflito é o mais violento desde novembro de 2012 Foto: MOHAMMED ABED / AFP

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abas, pedirá à ONU que coloque "oficialmente o Estado de Palestina" sob "proteção internacional", devido à deterioração da situação na Faixa de Gaza, anunciou neste domingo a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

Leia todas as notícias de Zero Hora

"Abas apresentará uma carta ao coordenador da ONU para o processo de paz no Oriente, Robert Serry, dirigida ao secretário-geral Ban Ki-moon", na qual pede que o organismo multilateral "coloque oficialmente" a Palestina "sob o regime de proteção internacional da ONU", afirmou em comunicado OLP.

Abas pede também que seja formada uma comissão de investigação sobre os bombardeios de Israel em Gaza, que em seis dias mataram mais de 160 pessoas, entre eles cerca de 30 crianças.

O conflito é o mais violento desde a operação Pilar de Defesa, em novembro de 2012. O objetivo desta ofensiva é o mesmo de dois anos atrás, acabar com os disparos de foguetes de Gaza. As hostilidades na época deixaram 177 palestinos e seis israelenses mortos em sete dias. Do lado israelense, as autoridades indicaram cerca de 10 feridos desde terça-feira.

*AFP

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.