Restrição

Atletas de países com surto de ebola não poderão disputar os Jogos Olímpicos da Juventude

Atletas não poderão participar nas modalidades de combate e de natação

Atualizada em 15/08/2014 | 06h4515/08/2014 | 06h42

Alguns atletas procedentes de países afetados pelo Ebola não poderão disputar a segunda edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, que começam no sábado em Nankin (China), anunciou o Comitê Olímpico Internacional (COI).

— Decidimos que os atletas procedentes de regiões infectadas não poderão participar nas modalidades de combate (2 atletas) nem de natação (1 pessoa) — afirma um comunicado do COI.

ZH explica: o que é o vírus ebola
Leia todas as notícias de Zero Hora

Além disso, os atletas procedentes de países afetados serão submetidos a exames físicos e terão a temperatura medida diariamente durante as duas semanas de competição.

— Lamentamos que por este problema alguns jovens atletas sofram de maneira dupla, pela angústia provocada pela epidemia em seus países de origem e por não poder participar nos Jogos — completa o comunicado.

Os Jogos Olímpicos da Juventude foram criados em 2007 e a primeira edição aconteceu em Cingapura em 2010. O evento tem a participação de atletas com idades entre 15 e 18 anos.


 *AFP

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.