Oriente médio

Novo ataque contra escola da ONU mata 10 palestinos em Gaza

Local abrigava milhares de deslocados palestinos internos pela operação de Israel na Faixa de Gaza

Atualizada em 03/08/2014 | 10h2703/08/2014 | 09h17
Novo ataque contra escola da ONU mata 10 palestinos em Gaza Said Khatib/AFP
Destroços em Rafah, sul da Faixa de Gaza Foto: Said Khatib / AFP

Pelo menos 10 pessoas morreram neste domingo em um ataque israelense contra uma escola da ONU em Rafah, sul da Faixa de Gaza, anunciaram os serviços de emergência.

O porta-voz dos serviços de emergência de Gaza, Ashraf al-Qudra, informou que dezenas de pessoas ficaram feridas no ataque.

Chris Gunness, porta-voz da Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNWRA), afirmou que a escola abrigava milhares de deslocados palestinos internos pela operação de Israel na Faixa de Gaza que pretende destruir as infraestruturas do Hamas.

Entenda a origem da crise entre judeus e palestinos na Faixa de Gaza
Leia todas as últimas notícias de Zero Hora
Leia todas as notícias sobre Mundo

– Segundo as primeiras informações, há vários mortos e feridos na escola da UNWRA em Rafah após o bombardeio – escreveu Gunness em sua conta do Twitter.

Esta é a terceira vez em 10 dias que as bombas atingem uma escola da ONU, quatro dias depois de um bombardeio do exército israelense contra um colégio na cidade de Jabaliya que matou 16 pessoas, a maioria crianças, em um ataque condenado pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

* AFP

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.