Ação cinematográfica

Polícia acha peças roubadas da Samsung no Paraguai

O número de aparelhos localizados e apreendidos não foi divulgado

14/08/2014 | 23h39
Polícia acha peças roubadas da Samsung no Paraguai DENNY CESARE/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
Entrada da fábrica teve segurança reforçada após o crime Foto: DENNY CESARE/CÓDIGO19 / ESTADÃO CONTEÚDO

A Polícia Civil de Campinas localizou nesta quinta-feira, em Ciudad Del Este, no Paraguai, equipamentos levados durante o roubo milionário ocorrido na fábrica da Samsung, em Campinas, no início de julho. O número de aparelhos localizados e apreendidos não foi divulgado.

Leia as últimas notícias de Zero Hora

De acordo com nota do Departamento de Polícia Judiciária do Estado de São Paulo (Deinter 2 - Campinas), foram realizadas buscas em quatro estabelecimentos comerciais na cidade paraguaia que faz divisa com a brasileira Foz do Iguaçu, no Paraná.

Ciudad Del Este é conhecida como porta de entrada de produtos contrabandeados no Brasil. As lojas que foram alvo das buscas comercializam produtos eletrônicos e de informática, como aqueles roubados da indústria coreana. De acordo com a nota do Deinter, não há previsão para término das ações.

Na madrugada de 7 de julho, pelo menos onze homens tomaram uma van que transportava funcionários e usaram o veículo para entrar na fábrica localizada no interior de São Paulo. Seguranças e funcionários foram feitos reféns e obrigados a carregar sete carretas com produtos como celulares, smartphones e notebooks. O bando fugiu sem deixar pistas, causando um prejuízo de R$ 20 milhões. Até esta quinta-feira, ninguém tinha sido preso.

Saiba como foi o assalto:




VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.