Crime no Petrópolis

Polícia busca pistas sobre homem que roubou carro usado pela primeira-dama do RS

Investigadores apostam no resultado da perícia do veículo para identificar o ladrão

07/08/2014 | 11h51

Agentes da 8ª Delegacia da Polícia Civil (8ª DP) iniciaram na manhã desta quarta-feira a busca por pistas que os levem ao responsável pelo roubo do carro utilizado para o transporte da primeira-dama do Estado, Sandra Genro.

O ataque aconteceu no início da noite de quarta-feira — um homem magro, com uma arma, rendeu uma sargento e um soldado da Brigada Militar (BM) que estava no Línea preto, aguardando a primeira-dama no bairro Petrópolis, em Porto Alegre. Ele levou o veículo e pertences dos policiais. No início da madrugada, a BM encontrou o Línea, que foi abandonado pelo bandido depois de ser perseguido por policiais militares. O homem fugiu do local.

— O ladrão deixou o carro fechado, o que impediu que fossem feitos os primeiros levantamentos de pistas deixadas no interior do veículo — relatou a delegada Vandi Lemos Tatsch, titular da 8ª DP.

Leia todas as últimas notícias de Zero Hora

O carro foi recolhido a um dos depósitos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), onde deverá ser periciado pelos técnicos do Instituto-geral de Perícias (IGP). Eles vão procurar digitais deixadas pelo bandido e outras pistas que possam ajudar na identificação.

Editorial online | FALTAM RESPOSTAS

A Polícia Civil detectou a atuação de diferentes quadrilhas no local em que ocorreu o crime. No início da tarde de quarta-feira, nas proximidades do local onde foi levado o Línea, houve o roubo de um outro veículo. 

— Um dos motivos que transformaram Petrópolis em alvo dos quadrilheiros é que o bairro tem saída para várias regiões da cidade, inclusive a Região Metropolitana — explicou o delegado Juliano Ferreira, titular da Delegacia de Furto e Roubo de Veículos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

*Zero Hora

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.