Prática em discussão

Acidente motiva debate sobre gincanas no Estado

Na madrugada de segunda-feira, dois jovens que participaram de uma gincana morreram em acidente na cidade de Butiá

30/09/2014 - 18h07min | Atualizada em 01/10/2014 - 00h33min
Acidente motiva debate sobre gincanas no Estado Facebook/Reprodução
Montagem sobre fotos de Isadora Santos (à esquerda) e Vagner Guimarães Cezimbra (à direita), mortos no acidente Foto: Facebook / Reprodução  

Correção: A gincana de São Jerônimo é promovida pela Liga Independente das Equipes de São Jerônimo, e não pela prefeitura, como informado anteriormente. O texto foi corrigido às 23h30min.

O acidente de carro em Butiá que matou Vagner Guimarães Cezimbra, 30 anos, e a adolescente Isadora Santos, 16 anos, levantou o debate entre participantes de gincanas no interior do Estado sobre a necessidade de reformular tarefas que exijam deslocamentos rápidos.

Vagner e Isadora voltavam de uma gincana em São Jerônimo quando o Celta em que estavam saiu da pista e bateu contra uma árvore no quilômetro 169 da BR-290. Apesar de a colisão ter ocorrido horas depois do final da gincana, quando ambos voltavam para Butiá, a tragédia chamou a atenção dos riscos da "obsessão em ser o primeiro" nas chamadas tarefas de rua.

Morte de gincaneiros comove Butiá e aulas são canceladas

– É comum ter de pegar o carro e ir a outros lugares atrás dos objetivos. Estávamos preocupados porque é muita correria. Esse acidente não teve a ver com a gincana em si – explica a dentista Ângela Sganzerla, 27 anos, presidente da Equipe Revolução, de Vacaria, que abrange 800 pessoas.

No Facebook, um grupo chamado Calendário Gincaneiro 2014 já discutia, na segunda-feira, uma forma de diminuir o atropelo no decorrer das provas. Com 5,3 mil membros, é parte de uma comunidade que reúne cerca de 80 mil participantes envolvidos nos eventos - 21 municípios do Estado realizam gincanas anualmente.

Equipes, que podem ter até mil membros, disputam as provas em suas cidades, mas também é comum que um gincaneiro viaje a outros locais para apoiar equipes amigas — caso de Vagner e Isadora. Uma das propostas no Facebook foi criar uma entidade para discutir o assunto no Rio Grande do Sul.

— Estamos pensando em criar uma liga estadual com regras para todos que participam — afirma Ângela Sganzerla.

Um dos participantes do debate, Rodrigo Lindner, 45 anos, também defende a criação de uma liga estadual. Ele participa das competições em Charqueadas desde 1982 e ressalta que há a preocupação para que haja descanso dos participantes do evento, que, no domingo, em São Jerônimo, terminou à tarde e teve os vencedores divulgados próximo das 21h.

– A preocupação é forte para que os gincaneiros descansem e cuidem da direção. No quartel-general da nossa equipe não liberamos o álcool no período da gincana, mas é claro que, tão logo termina, tem a confraternização. Não queremos condenar, e sim conscientizar.

Giovani Weiss, presidente da Liga Independente das Equipes de São Jerônimo, afirma que são tomadas todas as medidas necessárias para evitar acidentes durante a realização da gincana.

Segundo ele, a organização do evento enviou ofícios para Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Saúde para garantir ambulâncias de plantão e fiscalização ostensiva à noite. Equipes flagradas cometendo infrações de trânsito são punidas também pelos organizadores da competição, garante Weiss. O regulamento ainda contém uma cláusula que recomenda que não sejam ingeridas bebidas alcoólicas durante a gincana.

Leias todas as notícias de trânsito
Leia as últimas notícias de Zero Hora

Vagner Cezimbra, conhecido como Bolinha, era líder dos DreadLokos, uma das principais equipes da Gincana Municipal de Butiá. Isadora Santos era a rainha do evento. Ficaram feridos também no acidente Carlos Eugênio Guimarães Cezimbra, o Geninho, irmão de Vagner; Vinícius Metzger, que está no Hospital de Butiá; e Cindy Abreu, que foi encaminhada para um hospital de Porto Alegre devido a uma fratura. Todos passam bem.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.