Atentados em Copenhague

Netanyahu pede que judeus europeus imigrem para Israel após ataque na Dinamarca

"Novamente um judeu europeu perdeu a vida por ser judeu, e este tipo de atentado se repetirá", advertiu o primeiro-ministro israelense

15/02/2015 - 10h24min
Netanyahu pede que judeus europeus imigrem para Israel após ataque na Dinamarca MARTIN SYLVEST/SCANPIX DENMARK/ AFP
Polícia dinamarquesa se mobilizou para tentar conter o atirador Foto: MARTIN SYLVEST / SCANPIX DENMARK/ AFP  

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu pediu neste domingo aos judeus europeus que imigrem para Israel depois do atentado contra a principal sinagoga de Copenhague, na Dinamarca, que deixou um morto.

— Novamente um judeu europeu perdeu a vida por ser judeu, e este tipo de atentado se repetirá — advertiu Netanyahu.

Ele assegurou que seu país está "preparado para acolher uma imigração em massa procedente da Europa".

Leia todas as notícias de Zero Hora

Um jovem judeu morreu no início deste domingo no lado de fora da sinagoga de Krystalgade, a mais importante da idade de Copenhague. Supostamente, ele foi vítima do mesmo homem que, no sábado, havia atacado um centro cultural onde era realizado um debate sobre o Islã e a liberdade de expressão, matando outro homem.

AFP