Fake Sat

PF descobre operadora pirata de TV por assinatura com clientes em 16 Estados

Investigadores suspeitam que grupo tenha 10 mil assinantes, inclusive no Rio Grande do Sul

06/10/2015 - 10h59min | Atualizada em 06/10/2015 - 11h24min
PF descobre operadora pirata de TV por assinatura com clientes em 16 Estados Polícia Federal/Divulgação
Mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos nesta terça-feira Foto: Polícia Federal / Divulgação  

A Polícia Federal (PF) descobriu uma operadora pirata de TV por assinatura que atua em 16 Estados do Brasil — entre eles, o Rio Grande do Sul — e em um país europeu. Uma operação, batizada de Fake Sat, foi desencadeada na manhã desta terça-feira para combater a atuação do grupo.

Foram cumpridos nove mandados de prisão e 34 de busca e apreensão no Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Goiás. Também foram cumpridas diligências em Portugal.

Leia as últimas notícias

Desde o início do ano, a PF apura o contrabando e desvio de aparelhos que captam sinal de TV por assinatura. A operadora pirata teria mais de 10 mil clientes não só no Brasil, mas também na Europa. Trata-se da distribuição fraudulenta de sinal de acesso a canais da televisão paga para clientes que buscam um serviço mais barato.

Os investigados responderão por formação de quadrilha, contrabando, descaminho e estelionato. Mais informações serão divulgadas em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira.

* Zero Hora

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.