Versão mobile

Violência urbana

Criminoso é morto após tentar assaltar policial civil na Capital

Homem estava em carro e foi surpreendido por colegas da policial, que estavam em confraternização

07/01/2016 - 22h22min
Criminoso é morto após tentar assaltar policial civil na Capital Luis Felipe Matos/Especial/Agência RBS
Bandido estava em carro branco. Local foi isolado para perícia Foto: Luis Felipe Matos / Especial/Agência RBS

Uma policial civil, que estava confraternizando com colegas em uma festa, sofreu uma tentativa de assalto quando saiu para buscar o celular no carro. Dois homens armados abordaram a vítima às 21h15min desta quinta-feira na Rua Professora Carmen de Souza Santos, no bairro Rio Branco, em Porto Alegre. Um terceiro suspeito aguardava na EcoSport, utilizada pelo trio, e foi morto dentro do veículo pelos colegas da vítima.

Policial à paisana é morto com tiro na cabeça em Tramandaí

Conforme o delegado Márcio Zachello, a dupla que desembarcou para realizar o assalto fugiu a pé, um deles possivelmente baleado durante troca de tiros.

— Enquanto a policial caminhava até o carro, os seus colegas ficaram observando, por medida de segurança. Quando viram o assalto, desceram correndo para socorre-la — disse o delegado, informando que o homem morto tem passagem pela polícia.

Os disparos levaram pânico aos frequentadores de um pub localizado a poucos metros do tiroteio.

Deca conclui: adolescente morto em abordagem não atirou em policiais

— Ouvi mais de 10 tiros. Todo mundo que estava no bar se jogou no chão. Algumas pessoas passaram mal. Outras ficaram em pânico — contou Carlos Junior Riedi,
23 anos, que estava no local.

Morador do bairro, o autônomo Hugo Meneghetti, 50, estava em casa e ouviu os estampidos.

— Fiquei apavorado quando ouvi 15 tiros. Saí para a rua e vi uma correria. Eram os policiais pedindo que todo mundo se afastasse.

Crime de ódio estaria por trás dos ataques contra imagens sacras na Serra

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.