Crime chocante

Jovem de 15 anos morta pelo namorado em Candelária estava grávida, diz polícia

Iasmin Caroline Seckler foi baleada na cabeça enquanto aguardava ônibus em parada da cidade

23/02/2016 - 23h23min

A adolescente assassinada na manhã desta terça-feira em Candelária, no Vale do Rio Pardo, estava grávida de três meses do namorado, João Carlos Brito dos Santos, 26 anos. Segundo a Polícia Civil, foi ele quem acertou um tiro na cabeça de Iasmin Caroline Seckler, 15 anos, quando ela esperava um ônibus em uma parada da cidade.

De acordo com o delegado Rodrigo Marquardt da Silveira, Santos — que cometeu suicídio após matar a jovem — mantinha um relacionamento com a vítima, e o crime ocorreu por motivos passionais.

— Os familiares dele relataram que ela estava grávida — confirmou o delegado.

Leia mais
Identificado suspeito de assassinar adolescente de 15 anos em parada de ônibus
Adolescente de 15 anos é morta em parada de ônibus, em Candelária 

Após efetuar o disparo, Santos seguiu para o Cerro do Botucaraí e abandonou seu carro às margens de uma rodovia. Na sequência, ele subiu o morro e se jogou, sendo localizado, já sem vida, pelo Corpo de Bombeiros. No ponto onde ele pulou, foram encontrados pertences dele e a arma usada no crime.

Dentro do carro de Santos, que era morador da cidade, havia um bilhete cujo conteúdo não foi informado pelo delegado. Iasmin estava em uma parada de ônibus na localidade de Vila Botucaraí, às margens da RSC-287, na manhã desta terça-feira quando, por volta das 7h15min, um carro se aproximou e um homem a chamou.

Ao chegar perto do veículo, ela foi atingida com um tiro na cabeça e, mesmo após ser socorrida, não resistiu. Havia outras pessoas na parada de ônibus, incluindo crianças.

Leia as últimas notícias de Zero Hora

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.