Lava-Jato

Lula se defende de denúncias sobre apartamento triplex em festa do PT

Petista disse que aceita quebra dos sigilos bancário e telefônico para esclarecer suspeitas sobre imóvel no Guarujá e sítio em Atibaia 

Por: Agência Estado
27/02/2016 - 23h53min | Atualizada em 28/02/2016 - 09h12min
Lula se defende de denúncias sobre apartamento triplex em festa do PT Fábio Motta/Estadão Conteúdo
Foto: Fábio Motta / Estadão Conteúdo

Alvo da Polícia Federal e do Ministério Público, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ironizou as investigações envolvendo um apartamento triplex no Guarujá, reformado pela OAS. 

— Sou acusado de ter um apartamento triplex do Minha Casa Minha Vida — afirmou ele. 

A afirmação foi feita durante festa de comemoração dos 36 anos do partido, na cidade do Rio. Lula disse que não é dono do imóvel, mas a PF investiga uma offshore que estaria no negócio. 

— Nem sei que diabo é offshore — afirmou o ex-presidente. 

Leia mais:
Lula declara intenção de concorrer à Presidência da República em 2018
Lula diz que sítio foi comprado por ex-prefeito e reformado por Bumlai  

O petista disse estar "acabrunhado" e "de saco cheio" com as investigações que sofre do Ministério Público de São Paulo e na Operação Lava-Jato e com o comportamento da imprensa. Para esclarecer as suspeitas sobre o triplex localizado no litoral de São Paulo e o sítio Santa Bárbara, o ex-presidente relatou que aceita a quebra dos sigilos bancário e telefônico.

— Eu aceito até que quebrem o meu sigilo bancário, telefônico. Se for esse o preço, que seja. Mas, quando isso acabar, quero que me deem um apartamento e uma chácara — comentou.  

— Eu que combati tanto para ter um Ministério Público forte, não imaginava (o) ver subordinado à imprensa — disse. 

Lula afirmou que o sítio Santa Bárbara, localizado em Atibaia (SP) e frequentado por ele e sua família, foi comprado pelo amigo Jacó Bittar e outros companheiros como uma "surpresa" para ele usufruir depois de deixar a presidência. 

— A chácara não é minha— insistiu. 

O Conselho Nacional do Ministério Público mandou retomar as investigações sobre Lula no caso do triplex no Guarujá, que haviam sido suspensas.

— Não imaginei ter parte do Ministério Público subordinada à imprensa — criticou o ex-presidente. 

Ele se mostrou irritado com o vazamento de informações das investigações.

— Não pode um procurador falar com uma revista para depois falar com o advogado — desabafou. 

Leia as últimas notícias de Zero Hora

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.