Versão mobile

Efetivo

Mais de 300 PMs atuam somente na área administrativa, diz Abamf

Conforme a entidade, são PMs que passaram em concursos mas que não saem às ruas porque ingressaram na corporação por meio de liminares

23/02/2016 - 23h24min
Mais de 300 PMs atuam somente na área administrativa, diz Abamf Diego Vara/Agencia RBS
Foto: Diego Vara / Agencia RBS

Pelo menos 322 policiais militares (PMs) trabalham somente na área administrativa da Brigada Militar no Rio Grande do Sul. A informação foi divulgada pela Associação Beneficente Antonio Mendes Filho (Abamf) em reportagem veiculada no RBS Notícias. Conforme a entidade, são PMs que passaram em concursos para o policiamento ostensivo mas que não saem às ruas porque ingressaram na corporação por meio de liminares na Justiça.

A maioria destes policiais foi aprovada em concursos realizados entre 2009 e 2012. Conforme a Abamf, todos possuem os treinamentos necessários para trabalhar nas ruas e, inclusive, recebem salários como soldados. Porém, como o Estado recorreu da decisão judicial, o grupo só pode atuar no setor administrativo até que haja um acordo.

Leia mais
Tiroteio deixa um morto e três feridos na Vila Cruzeiro  
Presidente da Associação dos Oficiais da BM se reúne com presidente do TCE
Dupla comete homicídio e acaba presa após tiroteio no Rubem Berta

Esses PMs passaram no último concurso público, feito em 2013, e foram aprovados em todos os testes. Eles estão na espera da nomeação, com mais 2,2 mil aprovados. Conforme a associação, esse efetivo ajudaria a reduzir o déficit de policiais no Estado.

— Hoje está tendo prejuízo, porque eles no administrativo o governo não tem o policial na rua e está pagando esse policial como se tivesse na rua — afirmou o presidente da Abamf, Leonel Lucas.

O Comando da Brigada Militar disse à reportagem que acata a decisão da Justiça e que o número de policiais nesta situação é bem menor do que o apresentado pela Abamf, sendo que parte já trabalha nas ruas. Já a Procuradoria-Geral do Estado não informou quantos PMs estão na atividade administrativa, mas disse que em casos de ações judiciais, aguarda a decisão definitiva do processo.

Leia as últimas notícias de Zero Hora


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.