Versão mobile

Discussão

Após confusão em teatro, Chico Buarque proíbe ator de usar suas músicas

Cláudio Botelho envolveu-se em bate boca com espectadores ao mencionar impeachmeant em peça sobre Chico Buarque

20/03/2016 - 17h31min | Atualizada em 21/03/2016 - 14h52min
Após confusão em teatro, Chico Buarque proíbe ator de usar suas músicas Bruno Tetto/Divulgação
Público não gostou quando Claudio (na foto) mencionou indiretamente a presidente Dilma e o ex-presidente Lula Foto: Bruno Tetto / Divulgação

O cantor Chico Buarque de Hollanda anunciou por meio de sua assessoria de imprensa que não irá mais autorizar o cantor, ator e produtor Cláudio Botelho a usar suas músicas na peça Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos. A informação é do colunista daFolha Maurício Meirelles.

Botelho envolveu-se em um bate-boca com espectadores durante a apresentação da peça realizada no Teatro Sesc Palladium, em Belo Horizonte na última sexta-feira. 

Leia mais:
Caetano Veloso: cenário político atual lembra "o que levou ao golpe de 1964" 
Chico Buarque discute com grupo antipetista em rua do Rio de Janeiro
Moisés Mendes: Chico Buarque dá o exemplo aos agredidos  

A confusão começou quando Botelho, ao improvisar dentro de um diálogo, afirmou: "Era a noite do último episódio da novela das oito. Era também o dia em que um ladrão ex-presidente talvez tenha sido preso. Ou uma presidente ladra recebeu o impeachment?".

A improvisação gerou reações negativas entre a platéia, que passou a gritar o nome de Chico e repetir a frase "não vai ter golpe" em uníssono. Ao que o ator teria respondido acusando os membros da platéia de censores.

Por conta da discussão acalorada, a apresentação acabou sendo interrompida definitivamente sem ser finalizada. A sessão que ocorreria um dia depois, no sábado, foi cancelada.

Após o episódio, a Mídia Ninja divulgou um áudio gravado nos camarim do teatro no qual o autor afirma que o público da casa era "petista" e "o que há de pior no Brasil". No arquivo sonoro, Botelho chega a usar o termo "nêgo", segundo justificou o autor à Folha, como forma de se referir a "alguém".

Ouça o desabafo de Botelho nos bastidores da apresentação interrompida.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.