Contra a violência

Em atividade pela paz, alunos têm aula na rua no centro de Porto Alegre

Ações para alertar a população sobre a insegurança ocorrem nas regiões Metropolitana e Noroeste, Vale do Sinos, Serra e Vale do Rio Pardo

Por: Zero Hora
21/09/2016 - 13h53min | Atualizada em 21/09/2016 - 17h27min
Em atividade pela paz, alunos têm aula na rua no centro de Porto Alegre Mateus Bruxel/Agencia RBS
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Após os casos de violência registrados no entorno de escolas gaúchas neste ano, colégios da rede privada fazem ações pelo Dia Internacional da Paz nesta quarta-feira. Em Porto Alegre, os alunos do 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio da Escola Monteiro Lobato tiveram aulas ao ar livre por duas horas, no centro da Capital. A intenção da instituição é cobrar o apoio da polícia, pais e alunos e demonstrar para a população que as ruas estão perigosas.

— Queremos que os governantes e a comunidade se mobilizem para trabalharmos juntos a fim de conseguirmos ter as ruas de volta à população — diz a diretora de comunicação e projetos da escola, Flavia Eizerik.

Leia mais
Escolas privadas fazem mobilização pela paz nesta quarta-feira
Reformulação do currículo do Ensino Médio deve ser feita através de MP
Em meio ano, escolas estaduais de Caxias tem 144 assaltos na entrada de alunos

Ao menos 21 instituições confirmaram que atividades pela paz no Estado, segundo o Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (SINEPE/RS). Cinco regiões terão ações em defesa da vida: Metropolitana, Vale do Sinos, Serra, Noroeste e Vale do Rio Pardo.

 — Todas as escolas do Estado foram chamadas para atos que envolam a paz — afirmou Bruno Eizerik, presidente do SINEPE/RS.

Em agosto, uma mãe foi morta quando buscava um filho em frente ao Colégio Dom Bosco, no bairro Higienópolis, zona norte de Porto Alegre. Cristine Fonseca Fagundes, 44 anos, teve a cabeça baleada por um homem que se aproximou para assaltar a vítima.

Atividades pela paz acontecem em São Leopoldo, Dois Irmãos, Novo Hamburgo, Caxias do Sul, Vera Cruz, Cruz Alta, Santa Rosa e Passo Fundo.

Confira as 21 escolas que confirmaram as ações:

Monteiro Lobato (Porto Alegre)
Realizará aulas ao ar livre. A atividade tem como objetivo mostrar para a sociedade que as ruas estão perigosas, e que para reverter esta situação é preciso o apoio da polícia, dos pais e dos alunos.

Colégio Santa Inês (Porto Alegre)
Distribuirá mil Tsurus de origami para a vizinhança. Considerado sagrado, o Tsuru é uma das aves mais apreciadas na cultura asiática e já inspirou muitas lendas. Uma crença que inspirou a história da pequena Sadako, vítima da bomba de Hiroshima que, ao descobrir que estava com leucemia, começou a produzir os origamis com o objetivo de alcançar a cura e a paz para toda a humanidade.

Colégio La Salle São João (Porto Alegre)
Irão costurar uma bandeira com a frase "Bandeira da Vida". A ação será precedida de um teatro encenado pelos Grupos de Jovens da Escola, que irá introduzir uma reflexão acerca de temas como paz, tolerância e violência.

Instituto Maria Auxiliadora (Porto Alegre)
Os alunos farão rodas de conversa, confecção de cartazes e, principalmente, irão pintar as calçadas da escola.

Colégio Dom Bosco (Porto Alegre)
Realizará o "Recreio Amigo", com diferentes ações protagonizadas pelos alunos dos turnos manhã e tarde. Haverá momentos de espiritualidade e reflexão, atividades musicais, práticas ecológicas, um grande abraço coletivo no pátio e outras intervenções, envolvendo toda a comunidade educativa, com foco no fortalecimento da consciência e da cultura da paz.

Colégio Pallotti (Porto Alegre)
Os alunos e colaboradores estarão com vestimenta branca, cartazes, faixas, orações pela Paz, fitas brancas e balões brancos para uma grande manifestação no viaduto Obirici, na zona Norte de Porto Alegre.

Colégio Batista (Porto Alegre)
Será realizado um grande Fórum no Auditório do Colégio Batista de Porto Alegre, juntamente com alunos e professores para tratar o tema. Após o encontro, os alunos sairão pelas ruas para distribuir, para o comércio local, "tsurus" - ave de origem japonesa - feita de origami, que significa paz, boa sorte e saúde.

Colégio Anchieta (Porto Alegre)
Convidou a comunidade educativa para vestir-se de branco e também trabalhar a temática em sala de aula. Além disso, está prevista uma foto aérea com os alunos formando a palavra PAZ no pátio do prédio A da instituição.

Colégio Marista Rosário (Porto Alegre)
Os educadores e estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio serão desafiados a produzirem pombas de papel em dobraduras com técnicas de origami - conhecidas como Tsurus. 

Escola de Ensino Médio Maria Imaculada Medianeira (Porto Alegre)
Fará três ações: 1) Todas as turmas esta trabalhando ao longo da semana o dia Internacional da Paz, nas áreas de Educação religiosa, Sociais, Filosofia; 2) Exposição nos corredores da escola dos trabalhos elaborados para este dia. 3) No dia 21 os alunos vestidos com a camiseta branca fazem no pátio um ato de adesão à paz, com mensagem, canto e minuto de silêncio.

Colégio Pastor Dohms 
(Porto Alegre)
Todos estarão vestindo branco nesta quarta. Também durante a manhã, serão desenvolvidas atividades que incentivem a valorização da vida, a favor da paz e da tolerância e contra a violência, saber lidar com o diferente, acolher o outro, desenvolver sentimento de empatia, refletir antes de agir, respeitar o próximo, amá-lo e amar o meio ambiente. Essa mobilização será nas três Unidades do Centro de Ensino Médio Pastor Dohms localizadas em Porto Alegre. Em sala de aula, será confeccionada uma pomba por cada turma, que será exposta na Escola e na qual serão expressas ações que podem ser realizadas em prol dela. Logo após o intervalo todos os alunos serão convidados a cantar a música A Paz, de Michael Jackson, versão Roupa Nova, acompanhados pelo conjunto instrumental ou professores de música em cada Unidade de Ensino.

Instituição São Judas Tadeu (Porto Alegre)
Recebe o subcomandante operacional do 11º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Guilherme Fregapani de Almeida. Na ocasião, ele fará uma palestra passando orientações sobre segurança. A atividade integra a programação que visa à promoção da paz, da vida e contra a violência. O evento tem início às 18h e será realizado no auditório Elisa Verinha Romak Alves. A entrada é franca.

Colégio São José (São Leopoldo)
Pela manhã, a escola fará atividades no pátio da escola, com Hino Nacional, oração pela Paz e apresentações de alunos.

Colégio Imaculada Conceição (Dois Irmãos)
Realizará uma caminhada nas ruas próximas ao Colégio, com os alunos do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental (manhã), acompanhados pela Banda Marcial, no horário das 10h15min e terá o seguinte trajeto: saída pela Rua Gramado, subindo a Rua São José, seguindo pela Avenida 25 de Julho até a Travessa Pastor Prutskin, retornando ao Colégio pela Avenida São Miguel. No turno da tarde, às 13h30min, será realizada a Cavalgada pela Paz, com os alunos da Educação Infantil (que levarão seus cavalinhos de pau) ao 4° ano do Ensino Fundamental. Os alunos sairão pela Rua Gramado, subindo a Rua São José até a frente da Igreja Matriz São Miguel (onde os cavaleiros receberão a bênção do Padre), retornando pela Rua São José até a Avenida São Miguel - frente do Colégio. Em caso de chuva, a atividade será realizada internamente. Além disso, todos alunos estarão vestindo camiseta branca.

Colégio Santa Catarina (Novo Hamburgo)
Terá manifestação de um grupo de alunos, pedindo paz, valorização da vida e um mundo sem violência.

Rede de Ensino Caminho do Saber (Caxias do Sul)
Promoverá atividades pela paz e contra a violência com os alunos de Educação Infantil ao Ensino Médio. No dia 21/9, serão realizadas atividades internas de valorização da vida, a favor da paz e da tolerância e contra a violência. Pela manhã, os alunos vão estar vestidos de camiseta branca formando a frase "Impulsionando a Paz", na rua em frente à Escola de Ensino Médio Impulso. À tarde, os alunos vão participar de um abraço simbólico à escola, se posicionando pela calçada em todo o quarteirão inteiro em que está localizada a escola.

Escola Fundamental Jesus Bom Pastor (Caxias do Sul)
Desenvolveu uma projeto com cinco objetivos: Proporcionar a reflexão sobre a importância de se promover uma cultura de paz no nosso cotidiano escolar; Perceber o autoconhecimento como ferramenta fundamental para a promoção de uma cultura de paz; promover espaço de reflexão em cada segmento de ensino sobre a importância de uma cultura de paz e a rejeição em relação à violência em todas suas formas; mobilizar os educandos a concretizar uma ação de maneira significativa retenha a atenção da sociedade e de toda comunidade escolar; e valorizar pequenas atitudes individuais e coletivas para a promoção da paz na escola, família e sociedade.

Escola de Ensino Médio Anchieta (Vera Cruz)
Realizará uma palestra com o tema "PAZ NO TRÂNSITO E VALORIZAÇÃO DA VIDA", no turno da manhã, para os alunos do 6º Ano do Ensino Fundamental ao 3º Ano do Ensino Médio. 

Colégio Franciscano Santíssima Trindade (Cruz Alta)
Participará da campanha com duas ações: 1) bate-papo com os adolescentes (turmas de 6º a 9º ano) sobre a importância de todos assumirem atitudes de paz e produção de um vídeo com frases e mensagens de estímulo à vivência da paz; o vídeo será publicado nas redes sociais. 2) flash mob com a música Acorda Pra Vida, de Guilherme e Santiago, envolvendo alunos da Educação Infantil. 

Fundação Educacional Machado de Assis (Santa Rosa)
Convocou a comunidade escolar para utilizar roupa branca. Na parte da tarde, funcionários, professores e alunos irão cantar a música "Stop Estupidez" em frente à instituição.

Colégio Salvatoriano Bom Conselho (Passo Fundo)
Convocou alunos, professores e funcionários para estarem vestidos com camisa branca.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.