Doação

Equipamentos de inspeção usados nas Olimpíadas serão enviados para prisões gaúchas

Sistema penitenciário do Rio Grande do Sul vai receber 83 equipamentos, avaliados em mais de R$ 2,1 milhões

Por: Zero Hora
20/09/2016 - 20h10min | Atualizada em 20/09/2016 - 20h15min

Equipamentos de inspeção e segurança usados nas Olimpíadas e Paraolimpíadas 2016 serão distribuídos em prisões de vários estados do Brasil. São mais de R$ 44,6 milhões em aparelhos de raio X, portal de detecção de metal e detectores manuais adquiridos pelo Ministério da Justiça para o evento esportivo.

Ao Rio Grande do Sul, serão encaminhados 19 aparelhos de raio X 60 x 40, no valor total de R$ 1,1 milhão, um raio X 100 x 100, que custa R$ 143 mil, 40 portais de detecção de metal, que valem R$ 849 mil, e 23 detectores manuais, que somam R$ 8,4 mil. A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) avaliará nesta quarta-feira quais prisões serão contempladas no RS.  

Leia mais:
Governo do RS convoca 1,2 mil novos policiais militares 
Como o prefeito pode atuar na segurança pública
Por que as ações dos órgãos de segurança diminuíram no RS

Segundo o ministério, a finalidade é aprimorar os serviços de revista dos visitantes e aumentar a segurança nas prisões do país. Além disso, a União diz que pretende ajudar na extinção da prática da revista vexatória nos presídios. 

A quantidade de equipamentos distribuídos entre os estados varia conforme o tamanho do sistema penitenciário de cada um. São Paulo, por exemplo, vai receber R$ 7,4 milhões em equipamentos de inspeção eletrônica. Em Minas Gerais serão entregues 38 raios X, 82 portais e 42 detectores manuais. 

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.