México

Homem é condenado a 100 anos de prisão por arremessar enteada de 3 anos em piscina até a morte

Caso aconteceu em agosto do ano passado, na cidade de Morelia

Por: Diário Gaúcho
23/09/2016 - 11h45min | Atualizada em 23/09/2016 - 11h45min
Homem é condenado a 100 anos de prisão por arremessar enteada de 3 anos em piscina até a morte 26.08.2015/Reprodução
Foto: 26.08.2015 / Reprodução

Um homem foi condenado a 100 anos de prisão pelo assassinato da enteada, uma menina de 3 anos. O caso aconteceu em agosto do ano passado, em Morelia, no México.

Ele foi flagrado pelas câmeras de segurança do hotel onde estava hospedado junto com a menina e a mãe dela, arremessando a enteada diversas vezes na piscina. Sem saber nadar, a menina se debatia na água enquanto o padrasto apenas observava.

Leia mais
VÍDEO: mulher assediada em metrô do México dá surra no suposto abusador
No México, 15 mil apitos são distribuídos para mulheres denunciarem assédio

No momento do crime, a mãe da criança estava dormindo. Mas quando o padrasto retornou ao quarto com a menina, já inconsciente, ela levou a filha para o hospital.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, os promotores pediam uma pena de 40 anos de reclusão para o padrasto. No entanto, o juiz foi ainda mais severo e sentenciou o homem a 100 anos de prisão.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.