Efeitos do temporal

Prefeitura monta força-tarefa para prevenir transtornos com a chuva em Porto Alegre

Manhã desta segunda-feira foi de caos no trânsito da cidade, com alagamentos em diversos pontos e semáforos desligados. Secretarias estabeleceram atribuições para os próximos dias 

17/10/2016 - 19h52min | Atualizada em 17/10/2016 - 19h52min
Prefeitura monta força-tarefa para prevenir transtornos com a chuva em Porto Alegre Fernando Gomes/Agencia RBS
Avenida Sertório foi uma das mais atingidas por alagamentos nesta segunda-feira na Capital Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Após uma manhã de temporal e caos no trânsito de Porto Alegre, a prefeitura montou um esquema de força-tarefa entre as secretarias para evitar transtornos ao trânsito e minimizar prejuízos à população como ocorreu nesta segunda-feira. Pelo menos duas reuniões foram realizadas durante o dia, com a presença do prefeito José Fortunati, para estabelecer atribuições e organizar as atividades. 

O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, afirma que terá mais agentes nas ruas para fiscalização e monitoramento do trânsito e equipes fazendo manutenção das redes elétricas dos semáforos. 

Leia mais:
Temporal danifica 945 casas no Rio Grande do Sul
Nove rodovias do RS têm problemas no trânsito
Previsão indica mais chuva no RS e alerta Defesa Civil

— A previsão é de chuva intensa para os próximos dias. Por isso, precisamos de um sistema todo organizado, cada um fazendo sua parte. Todos estarão de plantão — afirma Cappellari. 

Além da EPTC e do prefeito Fortunati, as reuniões para a força-tarefa de preparação para a chuva contaram com a presença de representantes da Secretaria de Meio Ambiente (Smam), para eventuais queda de árvores; da Secretaria de Obras e Viação (Smov), para possíveis problemas de iluminação; da Secretaria da Fazenda (SMF), para contar com recursos do município; do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), para recolher o lixo em áreas alagadas; do Departamento de Esgotos Pluviais (Dep), para verificar a condição dos bueiros; e do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil municipal para ações imediatas de auxílio aos moradores mais prejudicados. 

Na manhã desta segunda-feira, a chuva provocou transtornos para motoristas com o alagamento de várias ruas da Capital. O acúmulo de água foi maior em vias da Zona Norte, Zona Sul e em pontos da região central da cidade. Alguns semáforos também registraram problemas elétricos.

*Zero Hora

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.