Enchente histórica

Após corrente de solidariedade, afetados por temporal em Rolante não precisam de mais doações 

Chuva tirou mais de 300 famílias de casa e causou danos superiores aos R$ 60 milhões

11/01/2017 - 17h33min
Após corrente de solidariedade, afetados por temporal em Rolante não precisam de mais doações  Tadeu Vilani/Agência RBS
Foto: Tadeu Vilani / Agência RBS  

A mobilização de gaúchos fez com que o número de doações aos afetados pelo temporal no município de Rolante, na Região Metropolitana, na última semana, superasse o necessário. Segundo a Defesa Civil do município, diversas pessoas físicas, empresas e ONGs encaminharam todo o tipo de auxílio, que eram direcionados às mais de 300 famílias que tiveram de sair de casa após enchente. As informações são da Rádio Gaúcha.

Leia mais:
Prefeitos de Rolante e Riozinho ganham aceno de liberação de recursos
Governo federal envia 226 kits de ajuda humanitária para Rolante
Veja como foi a visita do presidente Michel Temer ao RS

Sobraram alguns donativos, como peças de roupas. Conforme o subcomandante do Corpo de Bombeiros Voluntário do município, Paulo Ricardo Schonardie, este material será repassado a outras cidades que sofrerem com fenômenos naturais.

— Tem muita doação, e vai sobrar. Nosso pessoal vai classificar e vai doar para outras cidades. Foi tão grande a mobilização que conseguimos atingir em pouco tempo o objetivo — afirmou o bombeiro voluntário.

A Defesa Civil estima que os danos em Rolante tenham superado os R$ 60 milhões. Foram R$ 26 milhões em estragos nas residências, R$ 24 milhões em danos ambientais e outros R$ 10 milhões no prejuízo na criação de gado — muitos animais foram mortos no temporal. Falta ainda um ofício da Corsan para fechar a conta das avarias.

O que potencializou os estragos, segundo o coordenador da Defesa Civil, Leandro Gottschalk, foi o deslizamento de terra de um muro que cerca o Morro da Mascarada, em São Francisco de Paula. 

— Este material acabou indo para o rio, aumentando o problema e represando em alguns pontos da água — disse.

Confira o ofício encaminhado pela Defesa Civil:

"A comunidade de Rolante agradece a solidariedade do povo gaúcho, consolidada através da imensa quantidade de doações de ajuda humanitária, de modo que as necessidades básicas dos habitantes foram supridas. Desejamos que todos sejam abençoados em suas vidas e que as futuras doações sejam encaminhadas para outras cidades que por ventura necessitem.

Diante do Exposto, informamos que não há necessidade de direcionamento de mais doações à cidade de Rolante, pois possuímos já neste momento donativos suficientes para a demanda.

Aproveitando, gostaríamos de agradecer aos órgãos públicos e privados, instituições, grupos, entidades religiosas, ONG's, empresas, pessoas físicas, e a todos que, de alguma forma, ajudaram a minimizar este drama vivido por tantos moradores de Rolante."

*Rádio Gaúcha

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.