Investigação

Polícia pede prisão preventiva de dois suspeitos da morte de agricultor na Serra

Edgar Kershner Carneiro foi espancado e queimado em São Francisco de Paula

10/01/2017 - 11h53min | Atualizada em 10/01/2017 - 13h11min
Polícia pede prisão preventiva de dois suspeitos da morte de agricultor na Serra Roni Rigon/Agencia RBS
Carneiro foi assassinado a golpes de barra de ferro e depois jogado em um galpão para ter o corpo queimado Foto: Roni Rigon / Agencia RBS  

Dois suspeitos da morte de Edgar Kershner Carneiro, de 64 anos, já foram identificados. O agricultor foi brutalmente assassinado na madrugada desta segunda-feira na localidade de Fazenda Velha, interior de São Francisco de Paula. Além de ser espancado, os criminosos atearam fogo ao galpão onde ele estava.

Leia mais
Morte brutal de agricultor na Serra teria sido vingança por denúncia de abigeato e roubo de tratores
Agricultor morre após ser espancado e queimado em São Francisco de Paula
Execução no São Victor Cohab, em Caxias, é investigada como acerto entre criminosos

A principal hipótese do crime é vingança, motivada por uma suposta denúncia que o agricultor fez no ano passado sobre responsáveis por crimes de abigeatos (furto de animais do campo). Embora a delegada Fernanda Seibel Aranha não confirme essa linha de investigação, ela afirma que a prisão preventiva de dois suspeitos já foi solicitada. Ela explica que os dois têm antecedentes em Caxias do Sul e em São Francisco, mas não detalha quais os crimes.

A delegada destaca ainda que Carneiro foi agredido com um pedaço de madeira. Inicialmente, o caso era tratado como latrocínio (roubo com morte), mas, agora, a polícia investiga como homicídio qualificado.

A esposa e a filha, de 17 anos, que também estavam na propriedade, foram amarradas dentro de casa. O galpão ficava ao lado da residência.

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.