Investigação

Jovem que confessou ter matado a ex-namorada em Caxias é indiciado 

Indiciamento foi por homicídio triplamente qualificado 

13/02/2017 - 14h04min | Atualizada em 13/02/2017 - 14h04min
Jovem que confessou ter matado a ex-namorada em Caxias é indiciado  Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Crime ocorreu na Rua Amantino Tonietto, bairro Forqueta, onde a vítima morava com os pais Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS  

Tiago Tavares de Oliveira, de 21 anos, foi indiciado por homicídio triplamente qualificado. Ele confessou ter matado a ex-namorada, a adolescente Gracielli Degasperi Grandi, de 17 anos. A jovem morreu após ser baleada dentro da casa dela, no bairro Forqueta, na manhã de 29 de janeiro. As informações são da Gaúcha Serra.

Leia mais
Preso em Giruá, jovem confessa ter matado ex-namorada em Caxias do Sul
"Tinha um futuro lindo pela frente", diz vice-diretora de colégio onde estudou jovem assassinada em Caxias
Jovem de 17 anos é assassinada dentro do próprio quarto, em Caxias

De acordo com a Polícia Civil, as qualificadoras do crime são o motivo torpe (o término do relacionamento), o recurso que dificultou a defesa da vítima e o feminicídio, quando a mulher é morta pelo fato de ser mulher.

Oliveira foi preso em 2 de fevereiro, no município de Giruá, na região das Missões, porque estava com uma arma. Ainda segundo a polícia, ele confessou a autoria do crime.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.