Imprensa

Justiça do DF suspende liminar que tirou do ar reportagem sobre chantagem a Marcela Temer 

Desembargador aceitou, nesta quarta-feira, recurso da Folha de S.Paulo. Com a decisão, matéria voltou a ser publicada 

Por: Zero Hora
15/02/2017 - 19h00min | Atualizada em 15/02/2017 - 19h00min
Justiça do DF suspende liminar que tirou do ar reportagem sobre chantagem a Marcela Temer  Carolina Antunes/Agência Brasil
Foto: Carolina Antunes / Agência Brasil  

A Justiça do Distrito Federal aceitou, nesta quarta-feira, recurso da Folha de S.Paulo e decidiu suspender liminar que proibia o jornal de publicar reportagem que mostra chantagem promovida por hacker contra a primeira-dama Marcela Temer. A decisão é assinada pelo desembargador Arnoldo Camanho de Assis, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Assis afirma que a ação contra o jornal "está a padecer de aparente inconstitucionalidade", porque viola a liberdade garantida em um Estado democrático de Direito. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Leia mais:
Temer nega censura e afirma compromisso com liberdade de imprensa
Juiz veta reportagem sobre chantagem a Marcela Temer
Entidades criticam decisão que tira do ar reportagem sobre chantagem a Marcela Temer

A liminar que impedia a publicação da notícia havia sido expedida na última sexta-feira, mas a Folha foi notificada apenas na segunda-feira, o que obrigou a retirada da matéria do site do periódico. Na decisão, o juiz Hilmar Raposo Filho, da 21ª Vara Cível de Brasília, alegava "violação da intimidade de Marcela".

Após essa nova medida judicial, a Folha de S.Paulo voltou a publicar as informações sobre o caso de chantagem a Marcela Temer. O Tribunal de Justiça do DF ainda deve julgar o mérito da ação.

Após a Justiça ordenar que a Folha não publicasse a matéria, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgaram nota com críticas à decisão. Para as entidades, a medida do magistrado se configura como "censura prévia".

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.