Ministério do Planejamento

Três meses após anúncio, governo federal retomou 20% das obras paradas no RS

Dos 129 projetos parados, 25 foram retomados e apenas 5 concluídos

Por: Matheus Schuch/RBS Brasília
22/02/2017 - 20h35min | Atualizada em 22/02/2017 - 20h35min
Três meses após anúncio, governo federal retomou 20% das obras paradas no RS Júlio Cordeiro/Agencia RBS
Projetos têm custo entre R$ 500 mil e R$ 10 milhões, como creches e quadras esportivas de escolas Foto: Júlio Cordeiro / Agencia RBS  

Anunciada no ano passado pelo presidente Michel Temer, a retomada de obras de pequeno porte no país ainda se arrasta. De um total de 1,6 mil empreendimentos, 436 voltaram a ser executados até agora, e 79 foram concluídos. As informações são da Rádio Gaúcha.

No Rio Grande do Sul, o ritmo é mais lento: dos 129 projetos parados, 25 (20%) foram retomados, e 5 (4%) concluídos. O balanço foi divulgado pelo Ministério do Planejamento, nesta quarta-feira.

Leia mais
Estagnado, PAC deve voltar mais enxuto

Intenção é reduzir gradualmente a multa do FGTS, diz ministro do Planejamento
Governo desembolsou R$42 bilhões para obras do PAC em 2016

O governo quer concluir 1,6 mil obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ao fazer o anúncio, em 7 de novembro, Temer disse que a meta era retomar 70% dos empreendimentos em 120 dias, prazo que terminaria em março. Agora, no entanto, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que deve ter havido um mal-entendido, e que o prazo estabelecido é junho deste ano.

— Não sei se alguma declaração, às vezes, tenha sido diferente. Mas a previsão original já era junho — disse Oliveira.

O ministro considera o ritmo de retomadas de obras satisfatório e garante que o orçamento para concluir todos os empreendimentos está garantido. São projetos que têm custo estimado entre R$ 500 mil e R$ 10 milhões, como creches, quadras esportivas de escolas, unidades de saúde e obras de saneamento.

À época do lançamento do plano, Temer afirmou que a iniciativa poderá criar cerca de 45 mil empregos durante o período de obras. O ministro do Planejamento não soube estimar quantas vagas já foram geradas.

A conclusão de todos os empreendimentos custará R$ 2,073 bilhões, segundo o governo. Até agora, foram encaminhados R$ 847 milhões.

Confira a lista de obras retomadas e concluídas no RS

*Rádio Gaúcha

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.