Tragédia

Mulher morreu "quase imediatamente" em voo entre Lima e Porto Alegre, diz companhia

Passageira morreu durante a viagem, na madrugada de domingo, após apresentar problemas respiratórios

Por: Zero Hora
17/04/2017 - 20h42min | Atualizada em 17/04/2017 - 21h40min

A Avianca Internacional afirmou, por meio de nota, que a passageira Luci Elisa Berwig morreu "quase imediatamente" após passar mal no voo da Taca (controlada pela Avianca) que saiu de Lima, no Peru, com destino a Porto Alegre, na madrugada de domingo. 

No comunicado, a empresa aérea diz que Luci "apresentou dificuldades respiratórias uma hora depois de o avião decolar". O comunicado reforça que membros da tripulação tentaram socorrer a vítima, "seguindo os protocolos médicos estabelecidos para esse tipo de situação, mas a passageira não resistiu e morreu quase que imediatamente".

Leia mais:
Mulher morre vítima de ataque cardíaco a bordo de avião
Passageiro é retirado à força de avião por overbooking em aeroporto nos EUA 
Overbooking: quais são os direitos dos passageiros em voos no Brasil?

A Avianca informou que o avião no qual estava a passageira chegou no aeroporto Salgado Filho por volta de 1h41min de domingo.

"Depois de cumprir com os procedimentos próprios para as circunstâncias, a companhia despachou o voo AV918 na rota Porto Alegre-Lima às 6h01min. Em nome da Avianca e da tripulação do voo AV919, expressamos nossa solidariedade e apoio à família da passageira morta", finaliza a Avianca Internacional.

Luci estava acompanhada do marido. Ela viajou no dia 8 de abril para o Peru e estava retornando para Porto Alegre. 

Zero Hora tentou contato com o Departamento Médico Legal (DML) para saber a causa da morte, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. A Polícia Federal (PF) acompanhou o caso, mas não deve abrir inquérito em um primeiro momento.

Confira a nota na íntegra:

Avianca lamenta informar que o voo da última noite AV919, cobrindo a rota Lima-Porto Alegre, registrou a morte de um passageiro a bordo. 

A passageira de nacionalidade brasileira apresentou dificuldades respiratórias uma hora após o início do voo. Seguindo os protocolos estabelecidos, membros da tripulação realizaram assistência médica regulamentada.

No entanto, a passageira morreu quase imediatamente. O avião pousou em Porto Alegre por volta de 1h41. Após cumprir com os procedimentos próprios para as circunstâncias, a companhia procedeu com o despacho do voo AV918 na rota Porto Alegre-Lima às 6h01.

Em nome da Avianca e da tripulação do voo AV919, expressamos nossa solidariedade e apoio à família da passageira morta.

*Zero Hora

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.