Domingo para olhar para o céu

Ocultação de Vênus pela Lua ocorre no fim da tarde e poderá ser vista nos céus do RS e de SC

Se as condições meteorológicas permitirem, gaúchos e catarinenses poderão ver a Lua ocultar Vênus, o planeta mais brilhante no céu

08/09/2013 - 14h01min
Ocultação de Vênus pela Lua ocorre no fim da tarde e poderá ser vista nos céus do RS e de SC Wikimedia Commons/Wikimedia Commons
Em 2008, conjunção entre Lua, Vênus e Júpiter pôde ser vista no céu de São Paulo Foto: Wikimedia Commons / Wikimedia Commons  

As primeiras horas da noite de domingo reservam um fenômeno astronômico de rara beleza. Se as condições meteorológicas permitirem, gaúchos e catarinenses poderão ver a Lua ocultar Vênus, o planeta mais brilhante no céu.

O evento, cuja visibilidade se estende da Argentina até o sul de Santa Catarina, é privilegiado pelo período em que ocorre. A Lua está em fase nova, com apenas 12% de sua face iluminada pelo sol, e Vênus brilha como "um verdadeiro farol de coloração branca intensa", segundo o físico e astrônomo Luiz Augusto da Silva, professor da Unidade de Ciências Exatas e Tecnológicas da Unisinos.

O provável inconveniente será o tempo, já que as previsões meteorológicas indicam a chegada de uma frente fria que deve acarretar céu encoberto e chuva.

O técnico do Laboratório de Astronomia da Faculdade de Física da PUCRS, Marcelo Bruckmann, destaca que a Lua está nos primeiros dias da fase nova, o que confere mais plasticidade ao fenômeno visto da Terra.

- Vênus vai desaparecer na luz suave do contorno do satélite, que é a luz cinérea, a luz solar que a Terra reflete e ilumina a superfície lunar - explica.

Evento pode ser visto a olho nu

A ocultação ocorrerá no lado poente, por volta das 19h e poderá ser observada a olho-nu, embora um binóculo garanta maior quantidade de detalhes.

- Pode-se fotografar à vontade, diferentemente de um eclipse solar, que requer preparo dos instrumentos - salienta Bruckmann.

Havendo céu limpo, a sugestão é que se olhe fixamente para a Lua ao anoitecer, para acompanhar a evolução do fenômeno. Na Capital, o evento começa às 19h13min e dura cerca de 40 minutos. Observadores no norte do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina poderão assistir à ocultação rasante de Vênus, que parecerá raspar a borda do satélite.

Além da Lua e de Vênus, o show do céu será complementado pelos planetas Mercúrio e de Saturno e, abaixo da Lua, pela estrela Espiga - astro pertencente à constelação de Virgem e que representa o Estado do Pará na bandeira nacional, acima da faixa Ordem e Progresso.

Horários do fenômeno no Estado:

Porto Alegre
Desaparecimento: 19h13min
Reaparecimento: 19h51min

Caxias do Sul
Desaparecimento: 19h17min
Reaparecimento: 19h48min
 
Pelotas
Desaparecimento: 19h06min
Reaparecimento: 19h54min

Rio Grande      
Desaparecimento: 19h05min
Reaparecimento: 19h55min

Santo Ângelo
Desaparecimento: 19h23min
Reaparecimento: 19h39min

Bagé
Desaparecimento: 19h05min
Reaparecimento: 19h52min

Passo Fundo  
Desaparecimento: 19h24min
Reaparecimento: 19h41min

Uruguaiana
Desaparecimento: 19h09min
Reaparecimento: 19h44min

Fonte: Luiz Augusto da Silva (Unisinos) e Breno Giacchini (Rede de Astronomia Observacional)

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.