#SempreQuisSaber

O que teria acontecido caso os dinossauros não tivessem sido extintos?

Se dinos ainda habitassem a Terra, espécie humana poderia não existir

17/03/2014 | 12h28
O que teria acontecido caso os dinossauros não tivessem sido extintos? Henrique Traontina/Arte ZH
Foto: Henrique Traontina / Arte ZH

O que teria acontecido caso os dinossauros não tivessem sido extintos?

Anderson Dias, de Porto Alegre

Segundo Francisco Sekiguchi Buchmann, coordenador do Laboratório de Estratigrafia e Paleontologia da Universidade Estadual Paulista, se os dinos não tivessem desaparecido, um outro bicho talvez nunca tivesse entrado em cena: o homem.

"As pesquisas mostram que mamíferos evoluíram antes dos dinossauros, durante o Triássico (entre 250 milhões e 200 milhões de anos atrás). No Jurássico e Cretáceo (entre 200 milhões e 66 milhões de anos atrás), os dinossauros se espalharam pelo mundo e atingiram grande tamanho; e os pequenos e furtivos mamíferos quase foram extintos devido à intensa predação dos dinos. No final do Cretáceo ocorre a extinção dos grandes répteis, possibilitando que durante os próximos períodos (Paleoceno e Eoceno) ocorra a expansão e crescimento em tamanho dos mamíferos", explica o paleontólogo.

E o que se pode inferir desses dados, professor? "Que, se os dinos não tivessem sido extintos, não haveria a expansão dos mamíferos e, portanto, não haveria o desenvolvimento de Primatas e, depois, do homem", explica Buchmann.

PARTICIPE: Envie suas dúvidas inusitadas para o #SempreQuisSaber

E não seríamos só eu, você e nossos colegas de espécie que poderiam "nunca ter sido": "Com certeza não haveria mamíferos predando sobre a Terra, toda a história seria muito diferente", Buchmann garante.

Não custa deixar a mente viajar: o pesquisador arrisca imaginar "dinos inteligentes ocupando nossos lugares, pensando e discutindo como seria o mundo se os mamíferos tivessem herdado a Terra".

É claro, a história foi outra, e os dinos viraram vestígios fósseis, muitos dos quais, localizados aqui mesmo, no Rio Grande do Sul. O paleontólogo salienta que tanto o mamífero quanto o dinossauro mais antigos do mundo são brasileiros:

"Ambos identificados na Rota Paleontológica (municípios de Santa Maria, Mata, Candelária)", explica.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.