Berço de vida?

Nasa descobre oceano no subsolo de lua de Saturno

Astrônomos haviam mencionado a possibilidade da existência de um oceano subterrâneo desde 2005

04/04/2014 | 11h11
Nasa descobre oceano no subsolo de lua de Saturno NASA/JPL-Caltech/Divulgação
Ilustração da Nasa mostra oceano sob o polo sul da lua Encélado Foto: NASA/JPL-Caltech / Divulgação

Um oceano escondido sob a superfície de uma lua de Saturno, Encélado, pode conter vida microbiana extraterrestre, anunciou a Nasa, a agência espacial americana, na quinta-feira.

A análise foi realizada pela sonda Cassini na superfície do polo sul da lua congelada. A superfície do mar é equivalente à do lago Superior nos Estados Unidos, o segundo maior da Terra. No seu fundo, estão localizadas rochas que poderiam favorecer o desenvolvimento de pequenas formas de vida.

Os astrônomos haviam mencionado a possibilidade da existência de um oceano subterrâneo desde 2005, depois de ter sido detectado vapor saindo de vários buracos nessa lua.

- Esses jatos próximos do polo sul de Encélado contêm água salgada e moléculas orgânicas, os ingredientes químicos elementares para criar vida - explicou a chefe do projeto Cassini, Linda Spilker.

- Essa descoberta muda nosso ponto de vista a respeito das "zonas habitáveis" dentro do nosso sistema solar e nos sistemas planetários pertencentes a outras estrelas - acrescentou.

A missão Cassini é dirigida pela Nasa e recebe cooperação da agência espacial italiana e da europeia. A sonda foi lançada em 2004 e já estudou as maiores luas de Saturno. Os últimos resultados dessa missão foram publicados pela revista Science.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.