Violência

Policial tenta conter homem que agredia a mulher e o mata com um tiro

Crime aconteceu no bairro Rubem Berta, zona norte de Porto Alegre, no começo da noite desta quinta

23/09/2016 - 09h49min | Atualizada em 23/09/2016 - 10h12min

A tentativa de um escrivão da Polícia Civil de conter um marido agressor na zona norte de Porto Alegre por volta das 18h de quinta-feira terminou em morte. Paulo César Corrêa da Fontoura, 49 anos, foi atingido por um disparo em uma das pernas e morreu.

De acordo com a polícia, Paulo César agredia a companheira na Rua Doutor Vargas Neto, bairro Rubem Berta, quando o policial civil, que passava pela rua, flagrou a situação e interveio. Ele declarou aos agentes do Departamento de Homicídios que o agressor tentou lhe arrancar a arma. O disparo na perna do agressor foi feito para contê-lo. No entanto, Paulo César acabou morrendo no local.

Segundo a polícia, Paulo César já tinha antecedentes por lesão corporal, ameaça e vias de fato. O policial foi liberado porque houve entendimento de que agiu em defesa da vítima. O caso é apurado pela 5ª DHPP.

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.