Violência na Serra

Seis pessoas são mortas em menos de uma hora em Caxias do Sul

Quatro criminosos morreram em confronto com a Brigada Militar 

Por: Zero Hora e Pioneiro
18/10/2016 - 00h36min | Atualizada em 18/10/2016 - 05h48min
Seis pessoas são mortas em menos de uma hora em Caxias do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Seis pessoas foram mortas a tiros em Caxias do Sul na noite desta segunda-feira. Conforme o major Jorge Emerson Ribas, comandante da Brigada Militar na cidade, um casal foi assassinado e quatro criminosos foram mortos em confronto com a polícia por volta das 23h.

As primeiras vítimas foram mortas em frente a sua residência no bairro Planalto, na Zona Leste. Jonas Almeida de Mello, 26 anos, e Lilian Cassini, 21 anos, estavam em um Corsa branco com placa de Caxias quando foram alvejados com 33 tiros pelos criminosos. Jonas tinha indiciamentos por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de entorpecentes e roubo de veículo. Já Lilian, era comissária de bordo e não tinha passagens na polícia.

Leia mais:
"Estavam bem armados e com a certeza do que iriam fazer", diz delegado sobre duplo homicídio em Caxias
"É um cenário cinematográfico", diz oficial da BM sobre confronto em Caxias
"Matei porque pegou minha mulher", diz homem preso por matar jovem em aeroporto

A corporação teria sido chamada ao local em que suspeitos em dois carros teriam disparado contra as vítimas. Ao chegar no bairro, viaturas teriam se deparado com os supostos autores do crime. Uma perseguição se iniciou.

Corsa do casal assassinado pelos criminosos Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A caça aos suspeitos passou por sete bairros e chegou ao outro lado da BR-116, na Vila Ipiranga, onde cinco homens enfrentaram a BM. No tiroteio, quatro deles morreram. Um quinto, com colete à prova de balas, foi encaminhado ferido a um hospital da cidade.

O grupo estava em um HB20 branco com placa de Viamão, região metropolitana de Porto Alegre. Ainda com o bando, a BM apreendeu duas espingardas calibre 12, uma submetralhadora e duas pistolas e um revolver.

Três dos quatros criminosos mortos já foram identificados pela BM: Eduardo de Jesus, de 19 anos; Eduardo Mascarello, de 23 anos; e Rodrigo Pavan, sem idade informada.

O ferido, hospitalizado no Hospital Pompéia, foi identificado como Anderson Lima de Moreira, de 34 anos. Todos os suspeitos são de Caxias do Sul.

*PIONEIRO e ZERO HORA


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.