Impasse 

Governo do Espírito Santo recusa novo acordo e motim da PM vai ao 11° dia 

Na nova tentativa de acordo, mulheres dos policiais abriam mão do reajuste imediato de 43% para os PMs, mas exigiam a incorporação de benefícios e a anistia total de todos os envolvidos na paralisação

Por: Estadão Conteúdo
13/02/2017 - 22h39min | Atualizada em 13/02/2017 - 22h39min
Governo do Espírito Santo recusa novo acordo e motim da PM vai ao 11° dia  Guilherme Mazui/Agência RBS
Foto: Guilherme Mazui / Agência RBS  

O governo do Espírito Santo não aceitou a proposta apresentada no fim da tarde desta segunda-feira por mulheres dos policiais militares e associações da categoria. Com isso, a paralisação da PM deverá chegar nesta terça-feira ao 11° dia. Na nova tentativa de acordo, as mulheres abriam mão do reajuste imediato de 43% para os policiais, mas exigiam a incorporação de benefícios e a anistia total de todos os envolvidos no motim da PM.

Leia mais:
Ordem e segurança "estão normalizadas" no Espírito Santo, diz ministro
Um dia após convocação, Espírito Santo tem mais de 1,2 mil PMs nas ruas
Planalto quer transformar repressão ao movimento da PM capixaba em exemplo nacional

Em nota, a gestão Paulo Hartung (PMDB) afirmou que "muito embora as entidades reconheçam que o cenário econômico nacional e as condições limitadas do governo estadual inviabilizam a concessão do reajuste solicitado, há o pedido de uma pauta que impacta, de forma expressiva, o orçamento e as finanças do Espírito Santo".

No novo acordo, nenhum porcentual de reajuste era mencionado, mas a categoria pedia a concessão de auxílio-fardamento de R$ 533,50 em duas parcelas anuais, a incorporação imediata aos vencimentos de escalas extras, um cronograma para promoções, o pagamento de auxílio-alimentação e o realinhamento da tabela de subsídios.

O documento também pedia anistia total aos policiais militares e mulheres envolvidas no movimento. O governo capixaba descartou a hipótese, alegando que a anistia é vedada "pela legislação brasileira" e fere "os princípios constitucionais da legalidade e moralidade", diz a nota.

*Estadão Conteúdo

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.