Sombrio

Polícia faz cerco a assaltantes em shopping às margens da BR-101, em Santa Catarina

Estabelecimento é ponto de parada de pessoas que vão para o Estado vizinho

11/02/2017 - 17h22min | Atualizada em 11/02/2017 - 17h22min
Polícia faz cerco a assaltantes em shopping às margens da BR-101, em Santa Catarina Divulgação/Polícia Civil
Dentro do veículo, foram apreendidos fuzil, submetralhadora, pistola com carregador estendido, munição e explosivos Foto: Divulgação / Polícia Civil  

A Polícia Civil fez um cerco neste sábado a suspeitos que fugiram em meio a clientes do Shopping Japonês, em Sombrio. Eles são suspeitos de participarem de um assalto a banco em São João Batista, na Grande Florianópolis, que terminou com três bandidos mortos, além de um delegado e um investigador baleados. As informações são da Rádio Gaúcha.

Conforme a polícia, houve grande correria no estabelecimento – que é parada tradicional de quem se desloca ao Estado vizinho. Responsável pela investigação, o escrivão de polícia Glauter Soares acredita que os assaltantes se infiltraram em meio aos clientes para escapar.

— Quando eles viram que o helicóptero estava próximo deles, eles decidiram sair da BR se evadir por dentro do shopping. Como tinha muita gente, eles acabaram se utilizando desse subterfúgio para conseguirem fugir desapercebidos — relatou o agente.

Leia mais
RS registra pelo menos cinco assassinatos entre a noite de sexta-feira e a madrugada de sábado
Com medo de motim, prefeitos do RJ se mobilizam para ajudar a pagar PMs
PGR estuda possibilidade de requerer a federalização do crime de motim, diz Janot

Os policiais chegaram a pousar o helicóptero utilizado nas buscas no estacionamento do shopping. Soares diz que "houve grande tumulto, já que as pessoas não sabiam o que estava acontecendo". Ele garante que a situação foi rapidamente contornada.

Um Citröen usado pelos bandidos, com placas de Caxias do Sul, foi apreendido no estacionamento. Dentro do veículo, foram apreendidos fuzil, submetralhadora, pistola com carregador estendido, munição e grande quantidade de explosivos.

A operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar e Polícia Civil segue sendo feita, agora na área de Criciúma, onde há a suspeita de que os bandidos fugiram.

Leia as últimas notícias de Polícia

*Rádio Gaúcha

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.