Segurança

Segue foragido um dos presos que escaparam da cela do Deic, em Porto Alegre

Airton Gomes Frazão, 61 anos, chegou a ser flagrado pelas câmeras do Hospital São Lucas, na Avenida Ipiranga, logo depois da fuga

23/07/2017 - 11h46min | Atualizada em 23/07/2017 - 12h47min
Segue foragido um dos presos que escaparam da cela do Deic, em Porto Alegre Divulgação/Polícia Civil
Homem de 61 anos, preso na última semana em uma ação do Deic, é o único fugitivo de delegacia que segue foragido Foto: Divulgação / Polícia Civil  

A polícia faz buscas ao único detento que não foi recapturado depois da fuga da carceragem do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), resultando em um policial civil baleado, na tarde de sábado (22). O homem identificado como Airton Gomes Frazão, 61 anos, é morador de Porto Alegre e estava detido desde a última semana em virtude de um mandado de prisão preventiva que faz parte de uma investigação ainda em andamento pelo departamento. 

— Ele havia sido preso junto com outros dois detidos que escaparam da cela, mas no momento da fuga, foi para o outro lado — explica o diretor de investigações do Deic, delegado Sander Cajal.

Leia mais
Como foi a fuga de cinco presos da cela do Deic, em Porto Alegre
Número de presos em delegacias, viaturas e albergue bate recorde
Presos em delegacia de Canoas planejavam render policial e fugir em massa

O departamento fica na Avenida Cristiano Fischer e, à exemplo dos outros quatro fugitivos, Frazão seguiu em direção à Avenida Ipiranga, mas a pé. Na altura do Hospital São Lucas, câmeras de monitoramento ainda flagraram o foragido provavelmente pedindo ajuda a um segurança. Logo depois, embarcou em um táxi e não foi mais visto.

— O preso é um senhor de mais idade, nem levantou suspeita do segurança. E estava desarmado. Estamos apurando, vamos ouvir o taxista e o possível caminho percorrido por ele. As buscas prosseguem — assegura o delegado.

Os outros quatro fugitivos, identificados como Wagner da Cruz, Júlio Cesar D'ávila Santana, Douglas Souza Padilha e Vladimir Aparecido Carvalho Grade foram capturados pouco tempo depois da fuga. Eles estavam em um Sandero vermelho que haviam roubado em um posto de combustíveis quase em frente ao Deic e colidiram em um poste na Avenida Ipiranga durante perseguição da Brigada Militar.

Quatro fugitivos acabaram presos depois de acidente na Avenida Ipiranga Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Atendidos no Hospital de Pronto Socorro (HPS), eles já foram liberados e encaminhados ao Presídio Central. Um dos fugitivos chegou a ser ferido por um disparo no joelho. O policial civil ferido com um tiro em uma das pernas também já foi liberado pelo hospital.

Se você tiver informações que possam levar a polícia ao paradeiro do foragido, denuncie pelo 0800-5102828 ou pelo Whatsapp (51) 984187814. O anonimato é garantido.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.