Rio de Janeiro

Moro intima Eduardo Cunha para prestar contas à Lava-Jato

Deputado cassado é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão fiscal pela manutenção de contas secretas na Suíça

Por: Estadão Conteúdo
17/10/2016 - 15h28min | Atualizada em 17/10/2016 - 15h28min
Moro intima Eduardo Cunha para prestar contas à Lava-Jato Antônio Cruz/Agência Brasil
Foto: Antônio Cruz / Agência Brasil

Quatro dias depois de o juiz da Lava-Jato em Curitiba, Sergio Moro, aceitar a ação penal contra o ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB), a Justiça Federal em Curitiba emitiu, nesta segunda-feira, o pedido de intimação do peemedebista encaminhado à Justiça Federal no Rio de Janeiro, onde ele mora.

Com isso, caberá a um oficial de Justiça do Rio localizar e entregar a intimação ao deputado cassado que, a partir daí, terá dez dias para entregar sua defesa ao juiz da Lava-Jato.

Leia também
Vídeo: Eduardo Cunha é hostilizado em aeroporto do Rio de Janeiro
Cunha será julgado por Sergio Moro por contas na Suíça
Toffoli envia para Justiça do Rio inquérito sobre atuação de Cunha em Furnas

Nesta ação, Cunha é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão fiscal pela manutenção de contas secretas na Suíça que teriam recebido propina do esquema na Petrobras. Como a ação já havia sido aberta pelo Supremo em junho, Moro apenas deu 10 dias para o peemedebista apresentar sua defesa.

O processo foi remetido para a primeira instância em Curitiba, pois Cunha perdeu foro privilegiado desde que foi cassado pela Câmara, por 450 votos a 10, no dia 12 de setembro. Com isso, na semana passada o Supremo remeteu esta ação contra o peemedebista para a Justiça Federal em Curitiba, sede da Lava-Jato.

Leia outras notícias sobre a Operação Lava-Jato

*Estadão Conteúdo

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.