Maior fatia destinada ao Brasil

Odebrecht é condenada por juiz dos EUA a pagar US$ 2,6 bi em multas

Empreiteira admitiu, em dezembro do ano passado, que pagou US$ 788 milhões a agentes públicos de vários países para firmar contratos

17/04/2017 - 17h53min | Atualizada em 17/04/2017 - 18h05min
Odebrecht é condenada por juiz dos EUA a pagar US$ 2,6 bi em multas MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: MARCOS BEZERRA / FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO  

O juiz Raymond Dearie, do Tribunal Federal do Brooklyn, nos Estados Unidos, condenou a Odebrecht a pagar multa de US$ 2,6 bilhões por suborno de agentes públicos no Exterior. Conforme a decisão, o Tesouro americano receberá US$ 93 milhões, a Suíça US$ 116 milhões e o Brasil US$ 2,391 bilhões. As informações são da Folha de S.Paulo.

Leia mais
Lista de Fachin deve ter desmembramentos dentro do STF
Odebrecht não gostava de pagamentos lícitos "porque chamava atenção"
STF vai dar a prioridade necessária para a Lava-Jato, diz Alexandre de Moraes

Após um estudo de autoridades, o Departamento de Justiça americano concordou em aceitar o valor proposta pela empresa. Segundo a Folha, a Odebrecht justificou que não suportaria pagar US$ 4,5 bilhões, pena considerada adequada pelos Estados Unidos. A empreiteira também se comprometeu em aumentar os investimentos no setor de "compliance" — conjunto de disciplinas que regulam as atividades da empresa em conformidade com as leis.

A determinação dos Estados Unidos veio depois de a Odebrecht admitir, em dezembro passado, que pagou US$ 788 milhões a agentes públicos de vários países para firmar contratos.

Leia as últimas notícias sobre a Operação Lava-Jato

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.