Brechó ou rede social?

Startup utiliza a popularidade das selfies para fazer negócio na Cebit

Plataforma foi lançada na Lituânia, já funciona nos Estados Unidos e pretende chegar ao Brasil

10/03/2014 | 10h45
Startup utiliza a popularidade das selfies para fazer negócio na Cebit  Cadu Caldas/Agência RBS
Aplicativo de negócios se baseia na moda das selfies Foto: Cadu Caldas / Agência RBS

Tentando aproveitar da popularidade cada vez maior das selfies, aquelas fotos tiradas de si mesmo com o braço esticado, jovens lituanos tentam encontrar investidores na Feira Internacional de Tecnologia da Informação e Comunicação, a CeBIT, que acontece de segunda à sexta-feira, em Hannover, na Alemanha.

Alemanha e Grã-Bretanha se unem para desenvolver internet 5G

A ideia da startup Kickerpicker é bastante simples: uma plataforma de troca, venda e doação de objetos usados. Para fazer negócio, no entanto, é preciso cumprir uma regra simples: o vendedor precisa aparecer na foto! Quanto mais negócios o internauta faz, mais destaque ganha na próxima venda ou troca.

Veja o vídeo de como funciona o aplicativo Kickerpicker:

A plataforma foi lançada primeiro na Lituânia, e logo depois chegou aos demais países da Europa. Agora já funciona também nos Estados Unidos, mas de forma mais tímida, por enquanto. A ideia, garante o fundador Donatas Juskus, é encontrar um investidor e, quem sabe, lançar a Kickerpicker também no Brasil.

Se interessou? Conheça a plataforma: https://kickerpicker.com/ Por enquanto só está disponível em inglês e lituano.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.