Quase resolvido

Após cinco horas fechada, estação Mercado do trensurb volta a operar normalmente

Causa do transtorno ainda está sendo investigada pela prefeitura em conjunto com a Trensurb

Atualizada em 10/04/2014 | 10h1610/04/2014 | 05h35
Após cinco horas fechada, estação Mercado do trensurb volta a operar normalmente Guilherme Santos/Especial
Foto: Guilherme Santos / Especial

A Estação Mercado do trensurb voltou a operar normalmente após ficar fechada por cinco horas na manhã desta quinta-feira, em Porto Alegre. Interditada desde a abertura, devido a um vazamento de esgoto detectado às 3h, a estação teve o acesso de passageiros liberado após técnicos da empresa, do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) e do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) conterem a vazão da água dentro do local.

Segundo o diretor de operações da Trensurb, Carlos Augusto Belolli de Almeida, embora a fonte do vazamento ainda não tenha sido identificada, o acesso à estação pôde ser liberado devido à contenção do fluxo de água que atinge a rede de esgoto local.


Foto: Guilherme Santos, Especial


— Vamos conseguir manter a estação funcionando ao longo do dia. Sabemos que há uma fonte externa jogando água para dentro da estação, mas ainda não conseguimos identificá-la. Estivemos dentro do Mercado para tentar identificar se há alguma fonte vinda das bancas em reforma, mas não temos essa informação.

O Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) auxilia o trensub na identificação do problema. A chegada de um caminhão para auxiliar na retirada do esgoto que se encontra na estação acelerou o conserto.


A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) chegou a disponibilizar seis coletivos do Unibus, do Conorte e da Carris para realizarem o transporte de passageiros entre as estações, mas a medida não precisou ser mantida após a retomada dos serviços.

 
Foto: Guilherme Santos, Especial
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.