Rodovias estaduais

45 pardais entram em funcionamento até 14 de outubro

Controladores de velocidade, junto com 20 câmeras de monitoramento, começam a ser instalados a partir de sexta-feira

12/08/2014 | 20h07
45 pardais entram em funcionamento até 14 de outubro Cesar Lopes/Especial
Pardal e câmera instalados em Candelária, na RSC-287, foram testados em maio e aprovados pelo Daer Foto: Cesar Lopes / Especial

Depois de quase um mês da assinatura dos contratos com as empresas licitadas, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) assinou, nesta terça-feira, a ordem de início para a instalação dos novos pardais nas rodovias gaúchas. Segundo a assessoria da autarquia, o processo demorou até que todos os documentos fossem entregues.

Com isso, a partir de sexta-feira, as empresas terão 60 dias corridos para que todos os equipamentos estejam funcionando — ou seja, até dia 14 de outubro. No total, 45 pardais e 20 câmeras de monitoramento vão ser instalados em 13 trechos. O valor dos contratos é de R$ 6,5 milhões e são válidos por dois anos.

ZH Explica: como é determinada a velocidade máxima das rodovias
Leia todas as últimas notícias de Zero Hora


As empresas ficam responsáveis pela instalação e manutenção dos aparelhos, bem como pelo envio de dados ao Daer. As imagens e informações captadas pelos pardais serão transmitidas on-line para o sistema da autarquia, que gerencia o controle de infrações e a aplicação das multas.


Veja onde serão instalados pardais e câmeras:

O mapa criado por ZH estima a localização dos trechos onde serão fixados os 45 pardais e as 20 câmaras de monitoramento em 13 rodovias estaduais. 

O Daer não divulga o quilômetro exato dos equipamentos, alegando que é uma medida preventiva, permitida pela legislação, para evitar que os motoristas reduzam a velocidade em pontos específicos e depois a aumentem em seguida.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.