Vale do Rio Pardo

Daer inicia nesta segunda-feira obra do desvio da RSC-153

Trajeto será construído na lateral do quilômetro 304, onde o trânsito está interrompido desde junho

10/08/2014 | 19h14
Daer inicia nesta segunda-feira obra do desvio da RSC-153  Vanessa Kanennberg/Agência RBS
Rodovia está bloqueada desde o dia 28 de junho, quando houve desmoronamento devido à chuva Foto: Vanessa Kanennberg / Agência RBS

Inicia nesta segunda-feira a construção do desvio na RSC-153, no Vale do Rio Pardo, pelo Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem). A obra prevê terraplanagem, drenagem e revestimento do desvio.

Cansados de esperar, moradores retiram terra da RSC-153
Morador cobra "pedágio" por desvio em propriedade particular
Lideranças bloqueiam a RSC-287 pela liberação da 153

O trajeto será construído na lateral do quilômetro 304, onde o trânsito está interrompido desde o dia 28 de junho, devido a um deslizamento de terra. A pista – que terá 250 metros de extensão e largura de 6 metros – receberá revestimento primário, em solo encascalhado, defensas metálicas na lateral, sinalização e sistema de drenagem.

Além da instalação de placas e pintura da pista serão colocados dois semáforos – um em cada extremidade do desvio – para controlar o fluxo de veículos leves e caminhões em faixa única.

O diretor-geral geral do Daer, Carlos Eduardo Vieira, faz recomendações aos motoristas que precisarem trafegar na região.

– Durante a execução da obra, recomendamos que apenas os usuários locais utilizem os desvios já existentes, pois eles conhecem o trajeto e a situação dessas estradas –salienta.

A rodovia é uma das principais ligações entre a Região Central e o Vale do Rio Pardo (pela RSC-287) e o norte do Estado, portanto, importante via de escoamento da produção agrícola. A interrupção tem causado prejuízo a comerciantes, que viram o movimento despencar, e a moradores, que têm que aumentar os trechos percorridos.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.