Cinema

Luciano Potter: se você simpatiza (ou não) com força, tiro e agressividade, vá ver "Dunkirk"

Filme de Cristopher Nolan é um retrato dos mais fiéis sobre os horrores da guerra - seja em terra, no mar ou no céu

Por: Luciano Potter
13/08/2017 - 14h00min | Atualizada em 13/08/2017 - 14h00min
Luciano Potter: se você simpatiza (ou não) com força, tiro e agressividade, vá ver "Dunkirk" Divulgação/Divulgação
Novo filme de Cristopher Nolan, "Dunkirk" retrata o cerco aos soldados aliados na praia francesa de Dunquerque Foto: Divulgação / Divulgação  

Saia de casa agora. Isso. Largue esse smartphone. 

Vá ao cinema assistir a Dunkirk

O novo de Cristopher Nolan (quando alguém cita "o filme do diretor tal" é porque tá querendo se mostrar inteligentão) é um retrato dos mais fiéis sobre os horrores da guerra – seja em terra, no mar ou no céu. 

Leia mais:
Iberê Camargo anuncia curso sobre Black Mirror em Porto Alegre
As novas músicas dos Tribalistas valem o seu tempo?
Depois de 20 anos, Festa Mulher Não Paga pode acabar por causa de lei

É bom para "vagabundo" ver que guerra é a pior coisa que o ser humano inventou. No filme (vá ver em iMax), cenas espetaculares que ilustram para o "ignorante" o quão patética é uma vida em um conflito bélico. 

Se você simpatiza (ou não) com força, tiro e agressividade, vá ver Dunkirk. A violência ali é quase real – e extremamente brutal. Abaixo, frases de dois desatinados atuais que precisam ver Dunkirk:

Donald Trump: "Eles (Coreia do Norte) enfrentarão fogo e fúria como o mundo nunca viu"
Nicolas Maduro: "Há uma semana os vencemos com votos e hoje tivemos que vencer o terrorismo com balas"

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.