Luiz Zini Pires

CBF estuda desistir do Chile e marcar Brasil e Equador na Arena

FGF espera que um dos dois jogos seja disputado em Porto Alegre

Por: Luiz Zini Pires
16/03/2017 - 18h45min | Atualizada em 16/03/2017 - 22h25min
CBF estuda desistir do Chile e marcar Brasil e Equador na Arena Leandro Behs/Agência RBS
A Arena poderá abrigar uma partida da Seleção pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia de 2018 Foto: Leandro Behs / Agência RBS  

A CBF tinha um plano. Marcar Brasil (líder, 27 pontos) e Chile (quarto, 20 pontos), último jogo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014 da Rússia, em Porto Alegre. 

A FGF havia pedido a partida, que será disputada em outubro deste ano. Queria homenagear o serrano Tite. A Arena, que já contatou a FGF e a CBF e disponibilizou seu equipamento, seria o endereço do jogo com Neymar e Alexis Sánchez. 

A CBF, porém, pode mudar de ideia nas próximas semanas. Com a reabertura do Maracanã, mesmo enrolado em processos judiciais e com sinais de corrupção nas suas obras de mais de R$ 1 bilhão, deseja oferecer Brasil e Chile no estádio mais icônico do país. 

Reservaria Brasil e Equador (terceiro colocado, 20 pontos), de Miller Bolaños, para o Rio Grande do Sul. O jogo está marcado para agosto. 

O presidente da FGF, Francisco Novelletto, que trata diretamente do jogo com o número 1 da CBF, Marco Polo Del Nero, já sabe dos novos planos. Mas ainda não recebeu garantia alguma. Há apenas um compromisso político por parte de Del Nero com o dirigente gaúcho.


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.