Luiz Zini Pires

Duas ou três coisas que você precisa saber sobre as cores de Novelletto

Vídeo caseiro mostra o presidente da FGF festejando uma vitória do Inter

Por: Luiz Zini Pires
21/04/2017 - 14h45min | Atualizada em 21/04/2017 - 18h46min
Duas ou três coisas que você precisa saber sobre as cores de Novelletto Adriana Franciosi/Agencia RBS
Francisco Novelletto é presidente da Federação Gaúcha de Futebol e conselheiro do Inter Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS  

Vazou um vídeo caseiro. Faz sucesso na internet neste 21 de abril. Viralizou.

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Novelletto, vibra com a vitória do Inter, na quarta-feira, no Itaquerão. Novelletto festeja o pênalti decisivo. Comemora mais uma brilhante defesa do goleiro Marcelo Lomba. 

Ele está em casa, ao lado da família, rodeado de amigos. Amigos? Nem todos. "Bola nas costas" é o amigo que gravou as cenas em celular e depositou o vídeo nas redes sociais. Cenas íntimas não devem ser disseminadas. 

Novelletto é colorado e conselheiro do Inter. Não esconde. O estranho seria ele não gritar. Não desabafar depois de uma grande vitória do seu time. Não há nada de diferente nas cenas, nada de anormal, nada que o faça maior ou menor. Ele age como um torcedor. 

O vídeo causou grande impacto no coração da torcida gremista. Os tricolores acusam Novelletto de ajudar o Inter enquanto presidente da FGF. A bronca é antiga. O vídeo ajuda na construção de teorias conspiratórias. A direção gremista concorda. Entende que os árbitros gaúchos apitam com um olho nos olhos de Novelletto e o outro na partida. Acho um exagero. 

Culpar os árbitros gaúchos pelos maus resultados do Grêmio nos últimos Gauchões parece fácil. Difícil é explicar conscientemente as derrotas em seis campeonatos regionais em sequência. 

O erro, o único: o presidente da FGF não pode ser conselheiro de um time, qualquer um. Torcedor comum, tudo bem. 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.