Termômetros simpáticos

Frio traz alívio para o comércio de Porto Alegre

Lojistas apostam em liquidações e descontos para desfazer pilhas da coleção outono/inverno. Público avalia e compra apenas o necessário

17/07/2017 - 19h35min | Atualizada em 17/07/2017 - 19h37min
Frio traz alívio para o comércio de Porto Alegre Laura Schneider/Agência RBS
Foto: Laura Schneider / Agência RBS  

O frio que voltou ao Estado trouxe alívio para os lojistas que ainda tinham nos mostruários produtos de inverno. O movimento de clientes cresceu após o veranico da semana passada, que fez a maior parte dos clientes passar longe de botas, blusas e casacões. Para esvaziar o estoque e dar lugar a produtos da próxima estação, liquidações e ofertas tomaram conta do centro da Capital. 

Nesta segunda-feira, enquanto termômetros marcavam 9,6ºC durante a tarde, a coluna encontrou lojas apelando para descontos e um público consciente, que comprava apenas o necessário.

Leia mais
O contraste do efeito da crise nas ruas de comércio de Porto Alegre
"Loja do futuro" será atrativo de feira do varejo na Capital
Além de maior do país, Lojas Renner é 11ª no varejo de moda no mundo

– Vim comprar botas para minha nora que é de São Paulo e foi pega de surpresa com o frio. Emprestei um par e procuramos onde tinha  liquidação para comprar outro – contou Sirlei Belmonte da Silva, 65 anos.

– Apesar dos descontos, estou comprando só o que preciso. Sou servidora do Estado e, com o parcelamento, tenho que guardar um pouquinho (de dinheiro) – explicou Adélia Zimmer, 53 anos, que comprou uma blusa para ela e outra para a filha.

Lidiane Timotheo, gerente de uma loja de calçados, começou a liquidação na semana passada, mas só nesta segunda a venda de botas e tênis aumentou:

– No fim de semana foi muita sapatilha e rasteirinha. Mas o movimento estava fraco. Espero que esta semana seja fria.

O presidente do Sindilojas, Paulo Kruse, explica que a melhor época para vendas de inverno vai de março a junho, quando o comerciante coloca preços "normais" e tem margem de lucro. O frio agora é importante para fazer caixa e para comprar artigos das coleções primavera/verão, além de desfazer as pilhas de roupas e calçados de inverno.

Leia outras informações na coluna de Marta Sfredo

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.