Tribuna - edição extra

Confira a repercussão do texto do fim de semana, "Trabalho não é castigo"

Mais de 500 leitores se manifestaram em redes sociais e por e-mail

19/12/2016 - 19h53min | Atualizada em 19/12/2016 - 19h53min

O texto do fim de semana, "Trabalho não é castigo", motivou mais de 500 manifestações em redes sociais e por e-mail. A imensa maioria, de desaprovação, no Twitter. Abaixo, reproduzo, na proporção fidedigna, as opiniões e os xingamentos. Reitero: não sou contra aposentadoria. Seria muita estupidez. Mas, mesmo aposentado, quero continuar sendo útil até os cem anos, se a vida me permitir. É apenas a minha opinião. Obrigado a todos que se manifestaram.

Alienado não conhece, ou pior, finge não conhecer a dureza da batalha de um pobre que trabalha no pesado, mau-caráter!
@delavechi 

@TulioMilman Cala boca!
@taniagguedes 

Excelente seu texto! Traduz exatamente o que penso sobre o trabalho!
@LeiaNucci 

Assim como você, não tenho a mínima intenção de me aposentar nesta vida, mas consigo ser empática com pessoas de classes trabalhadoras como operários de fábrica, operários da construção civil, motoristas de caminhão e tantas outras classes (...) fiquei assustada com a visão extremamente limitada que demonstraste nesta coluna.
Cristina Becker

@TulioMilman Idiota, já pensou uma professora com 65 anos brincando no parquinho com 45 crianças com hiperatividade?
@anabrau  

Que pessoa esclarecida ainda atenta para o que esse capacho diz?
@Euoscar 

Queria ver esse aí se fosse pedreiro ou ajudante de caminhão falando tal #merda. Pimenta no dos outros é refresco.
@alexandrejv

Longevidade com saúde é algo com que todos sonham. A aposentadoria deveria ser a última coisa a se almejar nesta vida e a primeira a ser planejada. Primeiro, escolhendo criteriosamente a profissão, com gosto, para justamente não se tornar o que você e muita gente chama de fardo.
Prof. Mauricio

Esperando o artigo defendendo a revogação da LEI ÁUREA.
@leormenezes

Em tempos "binários", as conversas começam em se "posicionar" com relação ao "lado que você está". Eu estou ao lado do trabalho e quero, como o Tulio, trabalhar de alguma forma até os meus cem anos. Queria ter escrito essa crônica e me confesso bastante tocado. Esse é o verdadeiro jornalismo.
Alexandre Pinheiro Machado

Se eu fosse pago pra ficar sentado escrevendo bosta em uma sala com ar-condicionado, também não me aposentaria.
@RandomEgg55

Vai lavar tua privada, gênio!
@lucrjviola

SILÊNCIOS
O prefeito José Fortunati anunciou o pagamento do 13º ao funcionalismo. Uma baita notícia. Agora, as centenas de crianças com deficiência – e invisíveis – da Capital, que dependem dos repasses atrasados do Funcriança, esperam tratamento igual. A verdade é que elas não reclamam. Talvez por isso não sejam a prioridade.

MINERVA
Foi assim no impeachment e em tantos outros temas fundamentais. A palavra final sobre o pacote de Sartori virá do Judiciário. Independentemente do que seja ou não aprovado.

A magistratura não está contente. Mais uma vez, o Estado precisará da melhor Justiça do Brasil, que certamente decidirá com os olhos no futuro do Rio Grande do Sul, e não pensando apenas nos seus próprios interesses. 

Tomara.

Leia outras colunas de Tulio Milman
Janela do Bem: conheça instituições que ajudam comunidades gaúchas

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.