Wianey Carlet

Renato Portaluppi acerta até quando erra

Foi a terceira vitória do Grêmio sobre o Flu. Mais uma contra cariocas

15/06/2017 - 23h18min | Atualizada em 15/06/2017 - 23h28min
Renato Portaluppi acerta até quando erra Bruno Alencastro/
Foto: Bruno Alencastro  

O Grêmio atravessa mesmo uma fase iluminada. Quando não consegue vencer através do seu futebol encantado de toques, alcança a vitória com bolas paradas. Foi assim que patrolou o Fluminense, em pleno Maracanã.

Primeiro foi Edílson, no início do jogo. Disparou um míssil cobrando falta distante do gol carioca. A bola passou sobre a barreira e, quando o goleiro viu, já era tarde demais. O segundo foi de Luan, também na cobrança de falta. Esta também entrou no canto direito, alto.

Leia mais:
Em noite de golaços, Grêmio vence o Fluminense no Maracanã
Cotação ZH: saiba quais foram os destaques do Grêmio na vitória sobre o Fluminense
Veja a tabela do Brasileirão

O jogo não foi para 2 a 0 no primeiro tempo, mas quando o momento é bom, tudo acontece. Renato insistiu com a escalação de quatro volantes. Desta vez adiantou Maicon e deixou Arthur na posição de segundo volante. O garoto esbanjou categoria, enquanto o capitão passou pela etapa inicial com rendimento mínimo.

Na etapa final, o treinador recuou Maicon e adiantou Arthur. Quase nada mudou. Então Renato decidiu mudar o desenho do time. Mandou Everton e Fernandinho a campo e consolidou a vitória com o segundo gol.

Foi a terceira vitória do Grêmio sobre o Flu. Mais uma vitória contra cariocas. Renato Portaluppi está em estado de graça. Acerta até quando erra.

Leia outras colunas de Wianey Carlet

 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.