Risco

Levantamento mostra que 60% das marquises da Rua dos Andradas estão irregulares

Morreu, na madrugada desta sexta-feira, a segunda vítima da queda de marquise no centro de Porto Alegre

22/07/2016 - 20h49min
Levantamento mostra que 60% das marquises da Rua dos Andradas estão irregulares André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS

Levantamento feito pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-RS) mostra que mais da metade das marquises de uma das ruas mais movimentadas do centro de Porto Alegre, a Dos Andradas, está irregular. Preocupante, o resultado da pesquisa por amostragem aponta que há menos de um ano, quando foi feito o estudo, 60% das marquises vistoriadas não tinham laudos e não estavam em dia com outras inspeções. As informações são do RBS Notícias.

Leia mais
"Área não precisava estar isolada", diz dono de empresa que realiza obra
Morre segunda vítima da queda de marquise
"Responsáveis serão punidos", diz Fortunati após queda de marquise

Morreu, na madrugada desta sexta-feira, a segunda vítima da queda de marquise no centro de Porto Alegre. Eva Lenir Flores da Silva, de 59 anos, moradora de Triunfo, foi atingida pelo desabamento da estrutura e estava internada em estado grave no Hospital de Pronto Socorro (HPS). O acidente ocorreu por volta da 8h de quinta-feira, no prédio de número 366 da Rua Annes Dias, que estava em obras. Ao cair, a estrutura atingiu também Tatiane Duarte da Silva, 34 anos, que morreu no local.

Eva passou por cirurgia ainda durante a noite, mas não resistiu aos ferimentos. Conforme Elisangela Flores da Silva, 28 anos, filha da vítima, as duas vieram de Triunfo para visitar o sobrinho que está internado em um hospital de Porto Alegre. Ambas pararam para comprar um lanche na loja localizada embaixo da marquise que desabou.

Dono da empresa responsável pela obra que estava sendo realizada na fachada do prédio cuja marquise desabou, o empresário Bento Ramos, da Empreiteira Concreto, afirmou que estavam sendo adotadas todas as medidas de segurança necessárias para a realização da reforma. Conforme Ramos, não era necessário colocar uma faixa de isolamento na calçada, já que a bandeja instalada sobre a marquise do prédio servia para proteger quem passava pela rua.

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.