Polícia

Vigilante é morto com oito tiros a caminho do trabalho na Capital

De acordo com delegado, o homem foi executado na Rua Seis de Novembro, no bairro Mario Quintana

Por: Jéssica Rebeca Weber
24/07/2016 - 23h50min

Um homem foi morto no final da tarde deste domingo, por volta das 18h, próximo ao campus Fapa da Uniritter. Identificado como Anderson da Silva Amaral, de 29 anos, ele era vigilante noturno, de acordo com informações da polícia, e estava indo para o trabalho em uma moto Kawasaki quando foi alvejado com oito tiros na Rua Seis de Novembro, bairro Mario Quintana. Ele morreu no local.

Leia também:
Mulher é baleada e agredida com uma paulada na cabeça em Restinga Seca
Sobrinho de policial que fez segurança para traficante Xandi é morto no Litoral 
Preso homem que roubava carro de mulheres na Capital 

Os criminosos estavam em um Meriva e fugiram sem levar nada. De acordo com o delegado Cassiano Cabral, da 3º Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), pelo modo como se deu o crime e a quantidade de tiros, trata-se de uma execução.

Amaral tinha passagem pela polícia por porte de arma de fogo. Familiares disseram à polícia que não tinha inimigos. O caso será investigado pela 5ª DPHPP. 

Leia as últimas notícias do dia

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.