Pelos olhos dos pequenos

Crianças da Restinga vão expor suas fotos em diversos pontos de Porto Alegre

Mostra de 30 fotos em preto e branco, feitas por participantes de projeto social, será apresentada em diversos lugares

Por: Bárbara Müller
26/08/2016 - 08h11min | Atualizada em 26/08/2016 - 09h05min
Crianças da Restinga vão expor suas fotos em diversos pontos de Porto Alegre Omar Freitas/Agencia RBS
Gurizada apresenta o resultado de suas aulas de fotografia Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

Registrar a realidade do Bairro Restinga com a intenção de transformá-la. Este é o objetivo da primeira Exposição Fotográfica de Educandos do Centro Social Padre Pedro Leonardi, que permanece até sábado na sede do projeto social. Intitulada Fotografia É Escrever com a Luz, a mostra conta com 30 fotos em preto e branco feitas por crianças entre 11 e 13 anos. A exposição é o resultado de uma oficina de fotografia, que acontece no local desde março deste ano. Durante uma hora, nas quintas-feiras, cerca de 40 crianças, divididas em duas turmas, aprenderam, em aulas teóricas e práticas, técnicas de enquadramento, luz e sombra, paisagem e retrato. 

– Nós sabemos que a Restinga é maltratada pela violência e queremos rebater isso com as coisas boas que o bairro tem também. A ideia é mostrar que aqui tem pessoas que se preocupam com a comunidade – explica Verônica Lara, educomunicadora social e idealizadora da iniciativa.

Verônica é a idealizadora do projeto Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

Além de mostrar um lado mais poético da região, com câmeras digitais de fácil manuseio, o grupo ainda teve contato com noções de fotojornalismo, fotografia analógica (feita com filmes fotográficos) e fotografia publicitária. Segundo Verônica, a fotografia é encarada como uma ferramenta de reflexão para os meninos e meninas do bairro. A atividade também mostrou uma outra perspectiva profissional às crianças. 

– Eu estou orgulhoso. Gostei bastante da oficina e vou continuar participando, a gente aprendeu técnicas de fotografia. Talvez, eu seja fotógrafo – conta Patrick Dias da Silva, 13 anos.

Cliques para valorizar o que a Tinga tem de melhor Foto: Reprodução / Divulgação

Com perspicácia e mentalidade de um adulto, Edson Henrique Rosa da Silva, 12 anos, não quer seguir no ramo da fotografia. Com convicção, ele afirma que quer ser presidente, talvez locutor, caso o plano A não dê certo. 

Mesmo assim, o garoto destaca a relevância do projeto:

– Estamos apresentando esse lindo cenário, que são as fotos que nós mesmos tiramos. Aprendi muito nessa oficina. É bem importante mostrar a Restinga por um outro ângulo para as pessoas descobrirem que é um bairro legal. 

Edson Henrique mostra seu trabalho Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

Oportunidades

Segundo o fundador do Centro – instituição sem fins lucrativos que faz parte da Igreja Nossa Senhora Aparecida –, padre Claudionir Ceron, foi percebido que a comunidade tem outras necessidades além da missa. 

– Queremos dar oportunidade a essas crianças, que talvez os pais não tiveram. O bairro ser retratado pelo olhar de uma criança é a chance de transformá-lo em um lugar bom – destaca.  


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.