Dinheiro pelo bueiro

Prefeitura cobrará R$ 2,1 milhões de empresa e de servidores que superfaturavam limpeza de bueiros

PGM detectou superfaturamento de 30% na limpeza de bueiros feita pela empresa JD Construções. Funcionários da prefeitura vão responder a inquérito policial

Por: Adriana Irion
15/08/2016 - 14h45min | Atualizada em 15/08/2016 - 15h52min
Prefeitura cobrará R$ 2,1 milhões de empresa e de servidores que superfaturavam limpeza de bueiros Adriana Irion / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Adriana Irion / Agência RBS / Agência RBS

A empresa JD Construções superfaturava, com o auxílio de três servidores da prefeitura de Porto Alegre, em pelo menos 30% os contratos para limpeza de bueiros na Capital. O pagamento a mais somou pelo menos R$ 2,1 milhões, que serão cobrados da empresa e dos funcionários públicos.

As informações são do prefeito José Fortunati, que apresenta, na tarde desta segunda-feira, o resultado das apurações de irregularidades no Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) flagradas por uma série de irregularidades na prestação de serviços feitos por terceirizadas e pagos pelo DEP.

Acompanhe a entrevista

O principal problema era a cobrança superfaturada de limpeza de bueiros.A empresa JD Construções cobrava por bocas de lobo que não existem nas ruas da cidades. Em uma amostragem de ruas, ZH detectou ágio de 18%, mas a PGM apurou que foi maior: até a semana passada, a cobrança a mais já estava em torno de 25%, mas a conferência das medições ainda não estava completa.

O trabalho também resultou na descoberta de problemas em outros contratos. Empresas terceirizadas estão com pagamentos suspensos até que comprovem que fizeram os serviços declarados. Gestores foram trocados e a fiscalização de contratos foi descentralizada.

A partir das suspeitas apresentadas por ZH, também foram abertas investigações no Ministério Público de Contas, no Ministério Público Estadual e na Polícia Civil. Todas estão em andamento.

Além do nome do novo diretor-geral do DEP, também serão anunciados hoje novas medidas a serem adotadas para evitar descontrole em serviços e o ingresso de ações judiciais contra empresas envolvidas em irregularidades.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.