Transporte

Vereadores analisam nesta segunda-feira pedido de urgência para votação de projeto do Uber  

Caso a urgência seja aprovada, a proposta será votada por uma comissão única, sem passar pelas comissões da casa relacionadas a sua área de abrangência, o que agilizaria o trâmite

15/08/2016 - 03h02min | Atualizada em 15/08/2016 - 06h17min
Vereadores analisam nesta segunda-feira pedido de urgência para votação de projeto do Uber   Uber/Divulgação
Foto: Uber / Divulgação

Será apreciado nesta segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, o pedido de urgência para a votação do projeto de lei que regulariza serviços de transporte por aplicativo, como o Uber. Caso a urgência seja aprovada, a proposta será votada por uma comissão única, sem passar pelas comissões da casa relacionadas a sua área de abrangência, o que agilizaria o trâmite. A votação final, no entanto, só deve ocorrer quando a reforma do Plenário Otávio Rocha for concluída. A estimativa é de que a obra termine em cerca de 30 dias.

Leia mais:
Usuários do Uber reclamam de queda na qualidade do serviço
ZH testa o primeiro dia do aplicativo WillGo em Porto Alegre

O projeto de regulamentação do Uber, entregue à Casa em maio deste ano pelo prefeito José Fortunati, determina que as informações de cadastro de cada motorista sejam conhecidas pela prefeitura e que os veículos tenham identificação. Está prevista ainda a cobrança de uma taxa mensal por veículo cadastrado, sob responsabilidade da empresa, no valor de R$ 182,50, e de uma alíquota do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) de 5% sobre seu faturamento.

O requerimento de urgência ao projeto foi protocolado pelo vereador Kevin Krieger (PP), líder do governo. O parlamentar manifestou preocupação com os motoristas do Uber, que podem ter o carro apreendido a qualquer momento. Outro problema, segundo o vereador, é o fato de que o município não está arrecadando nada com o serviço, devido à falta de regulamentação. Contrário ao requerimento de urgência do projeto, o vereador Cláudio Janta (SDD) argumenta que alguns pedidos de diligência sobre a proposta ainda não tiveram retorno. 

Leia mais mais notícias sobre Porto Alegre

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.