Vencedores

A história de dez atletas paraolímpicos que vencem limites para representar o Brasil na Rio 2016

A trajetória, os desafios e a superação de 10 para-atletas nascidos no RS ou que treinam em entidades do Estado

02/09/2016 - 19h55min | Atualizada em 06/09/2016 - 22h50min
A história de dez atletas paraolímpicos que vencem limites para representar o Brasil na Rio 2016 Mateus Bruxel/Agencia RBS
 A esgrimista paralímpica Mônica Santos durante treino no Grêmio Náutico União, no bairro Moinhos do Vento Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Na Paraolimpíada do Rio, que começa quarta-feira, o Brasil será representado por 285 atletas. Dez deles nasceram no Rio Grande do Sul ou treinam em clubes do Estado, como a esgrimista Mônica Santos. Você dirá que é lugar-comum, mas é inevitável acentuar: todos são vencedores. todos encarnam histórias de superação, de dificuldades, de preconceitos, de traumas. 

Em reportagem especial publicada nesta edição de fim de semana do Caderno DOC, o jornalista Cristiel Gasparetto e o fotógrafo Mateus Bruxel apresentam a história, a formação, os desafios enfrentados ao longo da vida por esses 10 atletas, que também relatam o que representou para eles a descoberta do esporte como uma nova motivação na vida. Leia no link a seguir:


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.