Encare a crise

Ei, você aí, não gasta dinheiro aí: veja dicas para um Carnaval mais barato

Na Capital, dezenas de blocos preparam-se para movimentar as ruas nos próximos dias, com festas mais em conta do que os tradicionais clubes

09/02/2017 - 21h47min | Atualizada em 24/02/2017 - 08h45min
Ei, você aí, não gasta dinheiro aí: veja dicas para um Carnaval mais barato Gabriel Renner / Arte/ZH/Arte/ZH
Foto: Gabriel Renner / Arte/ZH / Arte/ZH  

Em tempos de folia, não convém esbanjar nos gastos e se perder na passarela das contas. Há formas de curtir o Carnaval sem gastar demais – divertindo-se da mesma forma. Em Porto Alegre, dezenas de blocos preparam-se para agitar as ruas nos próximos dias, com festas mais baratas do que os tradicionais clubes e dispensando a necessidade de viajar em busca de animação.

– O Carnaval de rua voltou com tudo na Capital, e haverá blocos abertos em vários bairros. Ou seja, não se diverte quem não quer – garante o carnavalesco e influenciador digital Miltinho Talaveira.

Leia também:
Glitter, unicórnios e emojis: as tendências para o Carnaval mais pesquisadas
Temporada de Carnaval de Rua de Porto Alegre terá 15 blocos

Para alguns foliões, já é hábito: levar o isopor ou a sacola térmica com gelo e cerveja, para não pagar mais caro em bares ou com ambulantes. Alguns carregam até lanche em recipientes térmicos. 

– O pessoal mais novo, que bebe mais e tem mais disposição para carregar as cervejas para lá e para cá, é mais fã do isopor. Os mais velhos acabam comprando direto do ambulante, até porque o preço da latinha não é tão diferente assim do que se gasta no supermercado com gelo e bebida – diz Talaveira.

Quem pretende viajar não deve ter barbadas

Mesmo as fantasias podem ser feitas sem gastar demais. Com criatividade e uma varredura às lojas de R$ 1,99, encontra-se inúmeros itens chamativos para enfeitar as vestimentas – de chapéus com ornamentos a glitter reluzente para o rosto e o corpo. Comprar ou alugar uma fantasia pronta é uma escolha de luxo. 

Sobre os pacotes de viagem ou hotéis – isso se ainda houver algum disponível na praia desejada –, não espere nada tão barato. Como as reservas para o Carnaval têm sido feitas desde o ano passado, passagens aéreas e quartos mais em conta já se esgotaram.– É uma época em que os preços aumentam devido ao crescimento da demanda. Então, se o cidadão faz questão de viajar, é melhor reservar o quanto antes. A tendência é de que fique ainda mais caro conforme se aproxime o Carnaval – sugere o educador financeiro Alfredo Meneghetti Neto.

Confira sugestões de fantasias baratas no vídeo abaixo


Como curtir a folia sem prejuízos

- Elabore uma fantasia em casa. É mais barato – e muitas vezes, divertido – do que encomendar.

- Avalie trocar fantasias entre amigos, reaproveitando as utilizadas em outros carnavais. As redes sociais são bons caminhos para fazer as trocas.

- Nos festejos de rua, economize levando a sua própria bebida em sacolas térmicas para não ter de gastar com bares ou ambulantes.

- Se você ainda não sabe para onde viajar, é melhor esquecer os pacotes aéreos. A maior parte das passagens e dos hotéis baratos foram esgotaram desde janeiro, restando apenas as alternativas mais caras.

- Se for viajar, faça um diagnóstico das suas finanças, colocando no papel os gastos previstos antes, durante e depois da viagem.

Fonte: Miltinho Talaveira e Alfredo Meneghetti Neto

Confira as festas:

Dia 25 (sábado)

Banda DK
Itinerário: Rua da República/José do Patrocínio/Praça Garibaldi/Aureliano de Figueiredo Pinto/João Alfredo/Rua da República
Concentração: 15h
Arrancada: 17h
Término: 21h

Trinca
Itinerário:
Rua da República/José do Patrocínio/Venâncio Aires/João Alfredo/Rua da RepúblicaConcentração: 17h
Arrancada: 17h30min
Término: 21h

Dia 28 (terça-feira)
Rua do Perdão
Itinerário:
parado na Rua da República
Concentração: 13h
Arrancada: 14h
Término: 21h

De sábado (25) a terça-feira (28), diariamente
Atividades de 14 blocos
Local:
Pista de skate do Parque Marinha
Concentração: 11h
Término: 22h

Fonte: Liga das Entidades Burlescas da Cidade Baixa e Liga dos Blocos Descentralizados

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.